Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

FIEC realizou seminário internacional “O Futuro do Trabalho e da Educação na Década dos Oceanos”

O Futuro do Trabalho e da Educação na Década dos Oceanos
Foto: Divulgação

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), por meio do Observatório da Indústria, realizou na tarde da última quarta-feira, 18/08, o seminário internacional “O Futuro do Trabalho e da Educação na Década dos Oceanos”. O Presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante, participou da abertura do evento, que aconteceu de forma on-line.

“Nos reunimos hoje para ampliar as discussões do futuro da Economia do Mar. Falamos também sobre como atuar para o desenvolvimento e sustentabilidade do mar e toda a sua cadeia. No Ceará, o conglomerado de Economia do Mar conta com diversas cadeias produtivas que podem apoiar o desenvolvimento local, regional e estadual”, afirmou o Presidente.

Após a abertura do evento, a Secretária de Estado das Pescas de Portugal, Teresa Coelho, iniciou a sua fala agradecendo pelo convite por participar do Seminário e destacou que Portugal aprovou, há pouco tempo, a estratégia nacional para o mar 2021 – 2030, tendo como base o conhecimento científico e da valorização dos ecossistemas marinhos.

conteúdo patrocinado

Já o Diretor de Inovação e Tecnologia da FIEC, e Líder do Observatório da Indústria, Sampaio Filho, destacou a importância do evento e do tema abordado. “Falarmos sobre o trabalho e educação dos oceanos ratifica o papel dos oceanos nas nossas vidas, e a influência das nossas ações sobre ele. O objetivo principal da tarde de hoje foi promover a promoção de articulação com importantes atores nacionais e internacionais para a geração de parcerias futuras que possam possibilitar o desenvolvimento de ações e projetos”, disse Sampaio Filho.

Durante o seminário, foram debatidos assuntos relacionados à economia do mar, biotecnologia, dentre outros. A programação foi dividida em dois painéis: “Cooperação e Inovação na Década dos Oceanos” e “Oceano Produtivo – Alimentos do Mar”. O primeiro painel teve como debatedores, Peter Heffernan (Mission Starfish União Europeia), Ronaldo Cristofolletti (Década das Nações Unidas da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável), Ana Paula Rosa (Organização Internacional do Trabalho das Nações Unidas – OIT) e Guilherme Muchale, Gerente do Observatório da Indústria da FIEC.

O painel “Oceano Produtivo” teve como debatedores Roberto Gradvhol, líder do Masterplan de Economia do Mar, Raul Cruz Izquierdo, Cientista Chefe da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), e Leila Andrade, Analista de Prospecção Estratégica do Observatório da Indústria. Leila apresentou o Projeto RASTUM, iniciativa que, com o apoio do Sindicato das Indústrias de Frio e Pesca no Estado do Ceará (Sindifrio/CE), busca desenvolver a rastreabilidade e sustentabilidade para a cadeia produtiva do atum.

O seminário está em alinhamento com a iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) que, em 2017, declarou o período de 2021 a 2030 como a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado