Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Nordeste sinaliza alta de 40,16% no faturamento online nos primeiros meses de 2021

Entre janeiro e julho de 2021, o Nordeste ficou em primeiro lugar na composição regional.
Entre janeiro e julho de 2021, o Nordeste ficou em primeiro lugar na composição regional.

O Nordeste brasileiro teve crescimento no faturamento do e-commerce de 40,16% nos primeiros sete meses do ano. Considerando o mesmo período, as vendas do setor também tiveram alta de 34,26%. Os dados são do índice MCC-ENET, levantamento desenvolvido pela Neotrust | Movimento Compre & Confie em parceria com o Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital.

Entre janeiro e julho de 2021, o Nordeste ficou em primeiro lugar na composição regional. As demais regiões tiveram o seguinte desempenho nas vendas: Centro-Oeste (33,66%); Norte (24,39%); Sul (18,94%) e Sudeste (9,46%).

“Os índices do MCC-ENET de Julho/21 mostram que o brasileiro já se habituou a realizar parte significativa de suas compras através do comércio eletrônico. Chegamos a 11% do consumo acumulado em 12 meses, no período que se encerrou em Junho/2021, feito através da Internet, um marco importante para o segmento, que poderá ser superado nos próximos meses, dada a tendência de aceleração das compras online”, afirma Gastão Mattos, responsável pela Divisão de Varejo Online.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

As vendas praticadas pela internet no Nordeste, ao comparar julho e junho, registraram alta de (5,89%), ficando em primeiro lugar. As demais regiões configuraram da seguinte forma: Centro-Oeste (5,48%); Norte (3,00%); Sudeste (2,48%); e Sul (−0,89%).

O faturamento do setor no Nordeste, julho em relação a junho, teve alta de (2,02%), seguindo na primeira colocação regional. As demais regiões tiveram o seguinte desempenho: Centro-Oeste (0,22%); Sudeste (0,09%); Sul (−0,95%); e Norte (−3,38%).No acumulado do ano, os dados foram: Nordeste (40,16%); Centro-Oeste (36,64%); Sul (30,04%); Norte (24,17%); e Sudeste (17,60%).

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado