Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

FEBRABAN e FIESP anunciam grupo de trabalho sobre juros

(Foto: Divulgação)

A Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN) e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) irão constituir um grupo de trabalho para avaliar os impactos do elevado nível dos juros praticados no Brasil e elaborar medidas estruturais que levem à redução de modo sustentável.

Em seu primeiro encontro de trabalho, os presidentes Isaac Sidney (foto), da FEBRABAN, e Josué Gomes da Silva, da FIESP, se comprometeram com uma agenda de diálogo permanente entre as entidades, visando contribuir para o crescimento econômico de longo prazo e a geração de emprego e renda.

“Os juros são altos no Brasil, mas não por vontade dos bancos. Precisamos parar de criticar e passar a agir, atacando efetivamente as causas que levam a essa situação. Na média, mais de 80% do spread bancário corresponde aos custos das operações de crédito, como inadimplência, impostos e a enorme dificuldade de recuperação de garantias”, diz Isaac Sidney.

Publicidade

“Os altos juros cobrados no Brasil são um problema estrutural que precisa ser encarado de frente e logo. Juros altos são um dos principais entraves para o desenvolvimento da atividade econômica e o progresso social. O alto custo do dinheiro nos faz perder competitividade e desvia boa parte dos recursos que poderíamos usar para investir e gerar riqueza e empregos”, aponta Josué Gomes da Silva.

O grupo técnico será composto pelas respectivas diretorias. O documento final será apresentado ao governo federal e ao Parlamento.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado