Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Viagens internacionais tiveram déficit de US$ 648 milhões

Os fluxos brutos de receitas de viagens tiveram aumento de 112,2%, totalizando US$ 453 milhões. (Foto: Pexels)

De acordo com o chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central, Fernando Rocha, os gastos com viagens de brasileiros ao exterior estão se aproximando dos valores registrados no período anterior à pandemia. A informação foi publicada pela Agência Brasil.

Segundo Rocha, a conta de viagens internacionais registrou despesas líquidas de US$ 648 milhões no mês. O número é bastante superior ao registrado em março de 2021, quando essas despesas líquidas (gastos de brasileiros maiores que as receitas de estrangeiros) somaram US$ 100 milhões.

De acordo com o BC, no comparativo de março de 2022 com março de 2021, os fluxos brutos de receitas de viagens tiveram aumento de 112,2%, totalizando US$ 453 milhões.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado