CRA-SP adere ao Movimento +Água, do Pacto Global

(Foto: Pixabay/Pexels)

O Conselho Regional de Administração de São Paulo – CRA-SP aderiu recentemente ao Movimento +Água, projeto integrante da iniciativa Ambição 2030, promovida pela Rede Brasil do Pacto Global, da ONU, e que tem como objetivo expandir o engajamento do setor privado na implementação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que integram a Agenda 2030.

O +Água visa a universalização do saneamento e a segurança hídrica do Brasil e tem a ambição de impactar a vida de mais de 100 milhões de pessoas. Mais do que um posicionamento público, o Movimento propõe uma jornada conjunta por maior controle, transparência e ações coletivas, defendendo a definição de metas como uma maneira poderosa de impulsionar as empresas com vantagem competitiva na transformação da sociedade para a universalização do saneamento e a segurança hídrica no Brasil, avançando em questões prioritárias para o país.

Compromissos assumidos

Com a assinatura da carta de apoio, o CRA-SP, que é signatário do Pacto Global desde 2016, se compromete em colaborar para o atingimento das seguintes metas: 99% de pessoas com acesso à água potável segura até 2033; 90% de esgoto coletado e tratado até 2033; e 50% de reflorestamento das áreas críticas que auxiliam na produção natural da água até 2030. O apoio do Conselho se dá de forma institucional, divulgando as iniciativas do Movimento para sua rede interna e externa, bem como incentivando as empresas ligadas ao CRA-SP a assumirem o compromisso e tornarem-se signatárias do Pacto, sempre que houver oportunidade.

“Temos debatido fortemente no CRA-SP a importância da agenda ESG, que inclui a questão ambiental, em toda a sociedade, mas sabemos que, devido a natureza das nossas atividades, impactamos pouco na questão do desperdício da água. Entretanto, como órgão de classe, temos o dever de apoiar e divulgar essas ações perante as nossas empresas e profissionais registrados. Essa difusão de conhecimento certamente chegará às organizações da nossa rede, que podem contribuir de forma mais abrangente com as metas do Movimento, e aos nossos profissionais, que estão à frente das empresas e são responsáveis por definir e implantar ações mais sustentáveis”, acredita o presidente do CRA-SP, Adm. Alberto Whitaker.

Na prática

Para fomentar suas ações em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, o CRA-SP também mantém desde 2016 o seu Grupo de Excelência do Pacto Global – GPG, responsável, entre outras coisas, por promover eventos e difundir as ações da Rede Brasil junto aos profissionais e empresas da Administração. Na adesão ao Movimento +Água, por exemplo, o coordenador do Grupo, Armando Dal Colletto, fez uma apresentação ao Plenário do Conselho, explicando aos conselheiros as bases e a importância da iniciativa.

“O contexto da água no Brasil ainda é complicado. Temos 35 milhões de pessoas sem acesso à água potável e 100 milhões de cidadãos, ou seja, quase metade da população brasileira sem serviço de coleta e tratamento de esgoto. Outro problema grave é o desperdício de água, que é acima de 40% no País. Se consertarmos essa perda, por exemplo, nós resolvemos a questão do crescimento até 2030 e nem precisaríamos pensar em fontes adicionais de água. Isso obviamente não é fácil, mas ao mesmo tempo é uma oportunidade para investir na redução do desperdício”, explicou Dal Colletto.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado