Operadoras Oi e Claro estão entrando no setor de energia solar oferecendo o serviço via assinatura aos seus clientes

(Foto: Los Muertos Crew/Pexels)

Operadoras de telecomunicações do Brasil estão iniciando projetos-piloto ou se preparando para oferecer o serviço de assinatura de energia solar aos seus clientes. Esse pode ser o início de uma concorrência com as companhias elétricas tradicionais.

As primeiras a entrar no mercado foram a Oi e a Claro que lançaram iniciativas para oferecer energia solar por assinatura para pessoas físicas. Este serviço é contratado online e dispensa qualquer tipo de instalação, resultando em uma redução na conta de luz mensal.

A assinatura oferecida pelas operadoras não inclui a instalação de painéis solares ou adaptações no local de consumo de energia. Ao contratar o serviço, os clientes são vinculados a uma usina solar remota, geralmente construída e operada por um terceiro, classificada como “geração distribuída compartilhada”.

A energia produzida por este empreendimento é transferida para a rede elétrica e convertida em “créditos” que serão descontados do valor final que os consumidores pagam pela eletricidades.

As empresas de telecomunicações enxergam a energia solar como uma opção atraente e que pode ser incorporada aos seus negócios, oferecendo aos seus clientes uma variedade maior de produtos.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado