Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Fenacon apresenta oportunidades de investimento em Portugal para empresários brasileiros

Guilherme Tostes, vice-presidente Região Sudeste Fenacon, Bernardo Ivo Cruz, secretário de Internacionalização de Portugal, e Daniel Coêlho, presidente da Fenacon.

A Missão Brasil-Portugal, promovida pela Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon), começou no domingo (5/2) e vai até 11 de fevereiro, em Portugal. A missão oferece aos empresários brasileiros a chance de explorar oportunidades de investimento no país.

“Ao longo desses dias nós estaremos em Lisboa, Porto e Braga, para entender como são feitos os negócios nessa Região, o que eles precisam e levar esses negócios para o Brasil. É uma troca de parceria de investimentos em empresas, uma série de opções que o empresário poderá encontrar nessa missão empresarial da Fenacon. Serão dias intensos de conhecimento e network”, comentou Daniel Coêlho, presidente da Fenacon, na abertura do encontro.

Durante a viagem, os principais destaques são a visita ao World Trade Center Lisboa e as cidades de Porto e Braga. A programação inclui uma série de eventos com empresários, que abordam temas de negócios específicos, como Portugal Tech, Como fazer negócios em Portugal, e o ecossistema Tripeiro e Brasil em Portugal.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

O secretário de Estado da Internacionalização de Portugal, Bernardo Ivo Cruz, disse que há uma ponte importante para negócios entre Portugal e Brasil. “O país é o nosso parceiro na América Latina e queremos intensificar as nossas relações. O Brasil é a porta de entrada para o mercado europeu. Portugal tem recorte com o Brasil que ninguém tem mais na Europa, o que é natural, falamos a mesma língua e temos história e cultura semelhantes. Esta parceria precisa ser explorada. É muito simples constituir uma empresa em Portugal”, disse ao recepcionar os empresários brasileiros.

O diretor da Fenacon, Guilherme Tostes, também destacou sobre as facilidades entre ambos os países. “As ligações entre Brasil e Portugal são históricas. Nos últimos anos começamos a viver uma inversão do fluxo de investimentos do Brasil para Portugal e isso cria um momento muito especial, pois se cria uma fluidez entre os dois países. Existe muito potencial e uma natural afinidade, o que facilita esse ecossistema e propicia os negócios”, concluiu.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado