Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Hub AgroAmbiental: Restauração da Mata Atlântica em propriedades de São Paulo com soluções integradas

A imagem mostra um dia ensolarado na floresta para representar as vendas de títulos verdes.
Foto: Felix Mittermeier/Pexels

Em algumas propriedades de São Paulo, a Mata Atlântica começa a renascer com o início dos plantios em áreas de restauração através do Hub AgroAmbiental – H2A. O projeto, gerenciado pelo Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), tem como objetivo restaurar 400 hectares de florestas nativas até o final de 2023, por meio de plantios de mudas, sementes e condução da regeneração natural.

O H2A é a primeira iniciativa no Brasil a reunir os atores da produção agropecuária e da restauração florestal para trazer soluções técnicas, jurídicas e econômicas, com prazos reduzidos, aos projetos e necessidades de regularização e adequação ambiental do setor. A iniciativa busca oferecer soluções integradas aos produtores com pendências judiciais e administrativas de recuperação e restauração da vegetação nativa, e está em fase inicial em 12 propriedades no estado de São Paulo.

Nas áreas de atuação do H2A, o processo de restauração envolve a construção de aceiros, controle de formigas cortadeiras, preparo do solo, plantio de mudas e/ou sementes, adubação, entre outros processos como manutenção e monitoramento. Em parte das propriedades, está sendo feito o plantio consorciado com espécies madeireiras nativas, criando oportunidade para comercialização futura.

conteúdo patrocinado

Para Leonardo Sobral, gerente de cadeias florestais do Imaflora e coordenador Geral do H2A, “a iniciativa é um espaço seguro, ágil e eficiente de encontro entre todos os principais atores interessados em fazer a restauração florestal acontecer.”

Em 2021, a ONU decretou o início da Década da Restauração de Ecossistemas para mobilizar ações em várias frentes no planeta, colocando o Brasil no centro das atenções. A restauração florestal vem sendo cada vez mais discutida como forma de preservar a biodiversidade e combater as mudanças climáticas, e o país deve dar ênfase a medidas de comando e controle nos próximos anos, aumentando a procura por restauração florestal. Estudos apontam que o Brasil possui instrumentos legais, mecanismos de obrigação de compensação florestal e processos de licenciamento ambiental que podem contribuir para a agenda de restauração, e que ao ter de cumprir com essas obrigações legais, produtores rurais e empresas acabam criando uma demanda efetiva por essa atividade.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado