Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Entendendo o plano de aposentadoria 401(k) nos Estados Unidos

(Foto: Tima Miroshnichenko/Pexels)

A previdência privada nos Estados Unidos é conhecida como 401(k) por causa da seção 401(k) do código tributário dos Estados Unidos, que estabelece as regras para esse tipo de plano de aposentadoria. A seção foi criada em 1978 como uma emenda à Lei de Segurança de Aposentadoria dos Empregados (ERISA) para permitir que os trabalhadores pudessem contribuir para um plano de aposentadoria com vantagens fiscais.

O plano permite que os funcionários contribuam com uma porcentagem de seus salários antes dos impostos serem deduzidos, o que significa que a contribuição é feita com renda bruta, e não após os impostos serem pagos. Essas contribuições são investidas em um portfólio de opções pré-aprovadas, e o dinheiro cresce livre de impostos até o momento da retirada. Quando o trabalhador se aposenta, ele pode retirar o dinheiro em parcelas ou em uma quantia única, pagando impostos sobre o valor retirado.

Desde a sua criação, a regra se tornou um dos mais populares planos de previdência privada nos Estados Unidos, com muitas empresas oferecendo essa opção de investimento como parte de seus pacotes de benefícios para funcionários. Seu sucesso tem sido atribuído à sua simplicidade, flexibilidade e à vantagem fiscal que oferece aos contribuintes.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado