Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Dólar fecha em alta de 0,25% e Bolsa tem queda de 1,01%

(Foto: David McBee no Pexels)

Raphael Bostic, presidente do Fed de Atlanta, declarou que o banco central pode interromper o aumento das taxas de juros durante o verão americano, resultando em um impulso para as bolsas dos Estados Unidos. O S&P 500 teve um aumento de 0,76%, enquanto o índice industrial Nasdaq subiu 0,73%. O índice Dow Jones apresentou uma alta de 1,05%.

No Brasil, a Bolsa de valores fechou com queda de 1,01%, a 103.325,61 pontos, a mais baixa desde 16 de dezembro. O dólar fechou cotado a R$ 5,205, registrando alta de 0,25%. A Petrobras teve forte queda, encerrando o pregão com depreciação de 2,74% nas ações ordinárias e 2,60% nas preferenciais, apesar de ter anunciado na quarta-feira o maior lucro da história.

A ação ordinária da EDP Brasil, por outro lado, subiu quase 15% após o anúncio de intenção de fechamento de capital, e as ações da varejista de moda C&A chegaram a subir mais de 20% pela manhã, após reportar crescimento de 37,9% no lucro líquido do quarto trimestre.

conteúdo patrocinado

Os resultados negativos para inflação ao consumidor na zona do euro valorizaram o dólar no mundo. O núcleo da inflação nos 12 meses até fevereiro ainda subiu de 5,3% em janeiro para 5,6% em fevereiro, e o índice de referência global DXY subia 0,47% nesta quinta. O IBGE divulgou que PIB do Brasil cresceu 2,9% em 2022, mas perdeu ritmo e recuou 0,2% no 4º trimestre, o que pode levar operadores do mercado a reavaliar a expectativa para o PIB 2023, que deve ficar em torno de 0,5% a 1%, dependendo especificamente das expectativas sobre o PIB agrícola.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado