Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Mercado brasileiro abre em alta impulsionado pelo otimismo externo e repercussão das críticas de Lula ao Banco Central

Bolsas europeias em baixa.
(Foto: AlphaTradeZone/Pexels)

Com a repercussão das críticas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Banco Central (BC), aliado ao otimismo no mercado externo, o Ibovespa apresentava alta nos primeiros negócios desta sexta-feira (3). Às 10h40, o principal índice da bolsa brasileira registrava uma valorização de 0,6%, atingindo os 103.945 pontos.

Apesar desse início positivo, a expectativa é de que o Ibovespa acumule perdas ao longo da semana. Enquanto isso, no mesmo horário, o dólar apresentava poucas oscilações em relação ao real, com uma leve queda de 0,03%, sendo negociado a R$ 5,202.

No cenário internacional, há expectativas de que o Federal Reserve (Fed), o banco central dos Estados Unidos, adote uma postura mais moderada em relação à política monetária. Isso se deve ao apoio do presidente da distrital em Atlanta, Raphael Bostic, para que os juros básicos do país sejam elevados para uma faixa de 5% a 5,25%, abaixo das expectativas de muitos investidores.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Essa expectativa de moderação no aperto monetário do Fed tem impulsionado o mercado financeiro global, o que pode ter um efeito positivo sobre a bolsa brasileira. No entanto, ainda é preciso aguardar os desdobramentos das decisões do Fed e do Banco Central do Brasil para avaliar o impacto sobre os mercados.

 

 

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado