Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Prieto Alimentos entra em recuperação judicial com dívidas de R$ 150 milhões

A Prieto Alimentos, empresa sediada em Cajamar, região metropolitana de São Paulo, anunciou que entrou com pedido de recuperação judicial. A fabricante de embutidos e cortes suínos enfrenta dificuldades financeiras que se agravaram com a pandemia e a elevação dos juros. A dívida da empresa é estimada em R$ 150 milhões.

Os principais credores da Prieto Alimentos são o Banco do Brasil, Banco Votorantim, Bradesco, BMG, Daycoval, Sicoob e ABC Brasil. A empresa informou que pretende apresentar um plano de recuperação judicial que inclua medidas de reestruturação financeira e operacional.

A Prieto Alimentos foi fundada na década de 60 e se tornou uma das principais produtoras de embutidos e cortes suínos do país, atendendo a grandes redes de supermercados e distribuidores.

Publicidade

Segundo a empresa, a pandemia afetou a demanda por produtos de consumo, especialmente no mercado interno, e a alta dos juros elevou os custos financeiros, dificultando o equilíbrio das contas. A recuperação judicial é uma medida legal que permite a empresas em dificuldades financeiras negociar com seus credores e buscar soluções para superar a crise.

A Prieto Alimentos afirmou que continuará operando normalmente durante o processo de recuperação judicial e que seus clientes e fornecedores serão informados sobre eventuais mudanças ou ajustes na produção.

A recuperação judicial da Prieto Alimentos é mais um reflexo dos desafios enfrentados pelas empresas brasileiras em um cenário de instabilidade econômica e incertezas políticas. A expectativa é que a pandemia continue impactando a economia nos próximos meses, e que o governo adote medidas para estimular o crescimento e a geração de empregos.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado