Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Semana encerra com Ibovespa em queda de 1,4%, no menor nível em mais de sete meses; dólar sobe cotado a R$ 5,27

(Foto: David McBee no Pexels)

Os mercados de ações globais enfrentaram uma semana turbulenta, com preocupações sobre o sistema bancário nos Estados Unidos e na Europa. A expectativa deve permanecer até a reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed), o Banco Central americano, prevista para ocorrer na próxima semana.

No Brasil, o Ibovespa registrou queda de 1,40%, fechando aos 101.982 pontos, o menor patamar desde o pregão de 27 de julho, quando o índice encerrou na faixa dos 101.437 pontos. Ao longo da semana, o índice acumulou queda de 1,58%.

O dólar apresentou valorização de 0,59% frente ao real, negociado a R$ 5,27, após atingir a máxima de R$ 5,2847. Na semana, a divisa subiu 1,20%. Os principais índices de ações dos Estados Unidos também sofreram perdas. Em Nova York, o Dow Jones encerrou a sexta-feira com baixa de 1,19%, o S&P 500 recuou 1,10% e o Nasdaq teve queda de 0,74%.

Publicidade

Os mercados europeus seguiram a tendência de baixa, com o índice Euro Stoxx 600 fechando em queda de 1,21%. As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt encerraram o dia com perdas superiores a 1%, refletindo as preocupações dos investidores em relação ao cenário bancário na região.

Os investidores permanecem cautelosos, aguardando a reunião de política monetária do Fed, na qual serão discutidas as perspectivas de curto e médio prazo para a economia dos Estados Unidos, bem como eventuais ajustes nas taxas de juros. Essa reunião será crucial para determinar a direção dos mercados globais nas próximas semanas, à medida que os investidores buscam sinais de estabilidade e reajustam suas estratégias de investimento.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado