Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Dólar em queda e Ibovespa em alta: veja destaques do Mercado Financeiro hoje

(Foto: David McBee no Pexels)

No encerramento desta sexta-feira (26), o mercado financeiro brasileiro apresentou movimentos favoráveis, com o dólar comercial registrando uma queda de 0,93% e sendo cotado a R$ 4,989. O dólar turismo também teve uma redução de 0,575% e ficou em R$ 5,191. Em relação a outras moedas, a libra esterlina teve uma queda de 0,74%, chegando a R$ 6,162, enquanto o peso argentino sofreu uma diminuição de 0,93%, atingindo R$ 0,021. Por outro lado, o Bitcoin teve um aumento de 0,76%, sendo negociado a R$ 134.355,359.

Na Bolsa de Valores brasileira (B3), o principal índice, o Ibovespa, encerrou o dia com alta de 0,77%, atingindo a marca de 110.905,51 pontos. Ao longo da semana, registrou uma leve valorização de 0,15%.

Dentre as ações em destaque, destacam-se a PETR4.SA, com uma alta de 1,29% e valor de R$ 26,79, e a VALE3.SA, que teve um aumento de 2,53% e foi cotada a R$ 66,49. Por outro lado, a ITUB4.SA registrou uma queda de 0,81%, atingindo R$ 27,03, enquanto a BBDC4.SA apresentou uma pequena diminuição de 0,12%, sendo negociada a R$ 16,10.

Publicidade

Entre as maiores altas do dia, destacam-se as ações da CVCB3.SA, com um aumento de 10,82% e valor de R$ 2,97, seguidas por GOLL4.SA, que teve uma alta de 5,63% e foi cotada a R$ 8,25. Já entre as maiores baixas, estão as ações da CIEL3.SA, que tiveram uma queda de 3,59% e chegaram a R$ 4,83.

Índices

O Dow Jones fechou o dia com uma alta de 1%, atingindo 33.093 pontos. O S&P teve um aumento de 1,30%, chegando a 4.205 pontos, enquanto o Nasdaq apresentou um crescimento de 2,19%, sendo negociado a 12.975 pontos.

BR & EUA

Em entrevista, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, expressou otimismo quanto ao crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2023, estimando uma expansão de até 2%. Ele ressaltou a importância de medidas para equilibrar as contas públicas e destacou que o governo está empenhado em reduzir o preço dos carros populares, através de uma redução de impostos, a fim de estimular o setor automotivo e evitar o fechamento de indústrias. O programa governamental visa diminuir o preço dos carros populares em até 10,96%, sendo aplicado a modelos com valor de até R$ 120 mil. Haddad ressaltou que essa medida não é de longo prazo, mas poderá ter um impacto positivo na contenção dos problemas enfrentados pelo setor.

No contexto internacional, as perspectivas de um acordo para elevar o teto da dívida nos Estados Unidos têm impulsionado os mercados de risco ao redor do mundo. A alta nas bolsas europeias e em Nova York reflete o otimismo dos investidores e contribui para o desempenho positivo do mercado financeiro brasileiro.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado