Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Mercado Financeiro: Dólar encerra em alta e Ibovespa fecha em queda em dia de baixo volume de negócios

O dólar comercial encerrou em alta de 0,47% nesta segunda-feira, cotado a R$ 5,012 na venda, começando a semana com uma valorização de 0,48%. Por outro lado, o principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3), o Ibovespa, terminou a sessão em queda de 0,52%, aos 110.333,40 pontos.

As ações da Petrobras (PETR4.SA) fecharam em baixa de 0,41% (R$ 26,69), seguidas pela Vale (VALE3.SA) que caiu 0,74% (R$ 65,84), e Itaú (ITUB4.SA), que recuou 0,59% (R$ 26,88). Já as ações do Bradesco (BBDC4.SA) encerraram em leve alta de 0,12% (R$ 16,14).

Entre as maiores altas do dia, CVCB3.SA teve valorização de 3,69% (R$ 3,09), seguida por COGN3.SA (+3,62%, R$ 2,86), EZTC3.SA (+3,03%, R$ 17,66), RAIZ4.SA (+2,31%, R$ 3,54) e AZUL4.SA (+2,12%, R$ 16,37). As maiores baixas foram VBBR3.SA (-3,97%, R$ 16,44), BRFS3.SA (-3,03%, R$ 7,37), FLRY3.SA (-2,67%, R$ 16,04), QUAL3.SA (-2,34%, R$ 4,59) e EQTL3.SA (-2,28%, R$ 28,24).

Publicidade

O volume negociado na B3 somou R$ 11,8 bilhões, muito abaixo da média, devido ao feriado que fechou as Bolsas americanas. Na Europa, o índice Stoxx-600 caiu 0,17% com baixa de 0,3% em Frankfurt (DAX) e 0,28% de retração em Paris (CAC). Nas commodities, o petróleo Brent caiu 0,78%, a US$ 76,35, enquanto o minério de ferro teve alta de mais de 4%, a US$ 101 em Dalian.

O Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira pelo Banco Central, apresentou melhora no cenário de crescimento econômico para 2023, com a estimativa de alta do PIB subindo de 1,20% para 1,26%, em comparação com 1,00% um mês atrás. Por outro lado, as previsões de inflação para 2023 e 2024 continuam preocupantes, superando o teto da meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Para 2023, a projeção caiu de 5,80% para 5,71%, e para 2024, a previsão se mantém em 4,13%.

O mercado de e-commerce também foi marcado por queda, com as compras internacionais de pequeno valor somando US$ 701 milhões em abril, uma queda de 25,3% ante março e de 20% em comparação com abril de 2022, de acordo com dados divulgados pelo Banco Central na última sexta-feira. As possíveis taxações nas compras internacionais parecem estar desencorajando os consumidores.

Essas informações mostram um cenário misto para o mercado financeiro, com altas e baixas pontuais. A instabilidade na economia global e as incertezas em relação à inflação continuam sendo os principais desafios para o mercado financeiro nos próximos meses.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado