França inaugura primeira fábrica de baterias de carros elétricos

Imagem: Pixabay

Foi inaugurada na terça-feira (30/05) a primeira usina de baterias elétricas em Douvrin, no norte da França. O evento contou com a presença de três ministros franceses, um alemão e um italiano, além dos CEOs das empresas Total, Stellantis e Mercedes.

O governo francês pretende que o empreendimento simbolize a reindustrialização do país e reforce a soberania europeia. A unidade é parte de um projeto de 7 bilhões de euros para construir três gigafactories na França, na Alemanha e na Itália e impulsionar a produção de componentes para veículos elétricos na Europa, fazendo frente ao domínio da China no setor.

A fábrica deve começar a produzir em 2024 e foi realizada pela Automotive Cells Company (ACC), joint venture formada por dois dos mais importantes grupos automotivos do mundo (Stellantis e Mercedes) e por uma gigante do setor de energia (TotalEnergies). Inicialmente, a unidade terá capacidade de produção de 13 GWh (gigawatt-hora), número que será aumentado para 40 GWh até 2030.

O governo francês estabeleceu como meta produzir dois milhões de veículos elétricos por ano no país até 2030. Só a ACC deve produzir até essa data o suficiente para equipar 500.000 veículos por ano.

De acordo com o órgão, as gigantescas máquinas conectadas vão achatar, cortar e empilhar chapas de alumínio revestidas com uma pasta de minerais raros, a base das células de bateria, que serão então montadas e preenchidas com eletrólito por operários de jaleco branco em salas imaculadas. A produção deve começar nos próximos meses e a comercialização, no final de 2023.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado