Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Indústria cervejeira alerta sobre possíveis impactos nos preços

Foto: Backer/Reprodução

A indústria cervejeira, liderada por Ambev e Heineken, está emitindo um alerta aos estados que estão considerando aumentar os impostos sobre o setor para reforçar suas finanças. De acordo com os fabricantes representados pelo Sindicerv, a capacidade de absorver o aumento dos custos da bebida está se esgotando.

Um estudo realizado pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) e divulgado pelo Sindicerv revelou que, de 2019 até o final de 2022, a indústria cervejeira suportou 52,8% do aumento dos custos de produção. Esse repasse resultou em um aumento de 14% nos preços, de acordo com a entidade.

É importante ressaltar que a indústria cervejeira desempenha um papel significativo no cálculo da inflação medida pelo IPCA.

conteúdo patrocinado

Essa política de repassar os custos tem levado a uma redução ainda maior nas margens de lucro, e as microcervejarias são particularmente afetadas, enfrentando dificuldades para obter retornos financeiros.

O Sindicerv destaca que o aumento nos custos está relacionado à escassez de embalagens e ao aumento dos preços do malte e do lúpulo, que são insumos essenciais para a produção de cerveja e em sua maioria importados.

Apesar desses desafios, a indústria espera um aumento de 4,5% na produção e no consumo de cerveja neste ano, atingindo um total de 16,5 bilhões de litros.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado