Com marca na pluralidade, Mostra Sesc Cariri reforça ligação entre territórios culturais

Em mais um ano, o Cariri se prepara para ser palco de um dos maiores encontros culturais do Brasil, a Mostra Sesc Cariri de Culturas.
Foto: Divulgação - Sesc

Em mais um ano, o Cariri se prepara para ser palco de um dos maiores encontros culturais do Brasil, a Mostra Sesc Cariri de Culturas. O evento soma-se ao caldeirão cultural da Região, levando ao público uma programação que valoriza uma cultura plural e de tradições, sem deixar de voltar o olhar para os territórios culturais cearenses. Com o tema A flora da Chapada do Araripe como patrimônio ambiental dá humanidade, a Mostra acontece de 24 a 27 de agosto, com apresentações em todo o Cariri e em três cidades do Centro-Sul: Iguatu, Icó e Orós.

O evento vai proporcionar, nesses quatro dias, um verdadeiro intercâmbio de territorialidade, levando para o Cariri e para o Centro-Sul um pouco do que foi a Mostra Sesc HQ de Pacoti, realizada no Maciço de Baturité, e a Mostra Sesc de Artes Visuais de Sobral, no Vale do Acaraú. Dessa forma, os artistas cearenses vão circular de um território para o outro, abrindo espaço para diversas trocas.

“Com isso, vamos gerar não apenas o intercâmbio cultural e artístico dos territórios do Estado, mas também formação de plateia tendo acesso à cultura do povo cearense. Dessa forma, ampliamos a compreensão de que a missão cultural da Mostra está consolidada na política cultural que o Sistema Fecomércio, através do Sesc, vem desenhando para o Ceará”, explica o gerente de cultura do Sesc Ceará, Alemberg Quindins.

Neste ano, através do Sesc, o evento contará com 192 grupos, 337 ações nas linguagens de Artes Cênicas, Artes Visuais, Audiovisual, Biblioteca, Expressões da Tradição, Literatura, Música e Oficina de Formação Artística e 1.828 artistas, músicos, escritores, mestres e brincantes da tradição.

O Senac chega com oficinas, palestras, rodas de conversas, desfiles, aulas de gastronomia, turismo ecológico, apresentação de atrações artísticas e culturais representativas da região, ações educacionais, dentre outras.

A programação é gratuita, contando apenas com o ingresso solidário para o show de abertura, com a cantora Baby do Brasil, no dia 24 de agosto, às 20h, no Parque de Exposição do Crato. Para garantir o ingresso, basta doar 2kg de alimentos não perecíveis nas unidades do Sesc e Senac de Crato e Juazeiro, Educar Sesc Juazeiro e na Fundação Casa Grande, em Nova Olinda.

Durante o evento, o Sesc inaugura o Museu Orgânico Terreiro Cultural da Mestre Maria de Tiê, no dia 25, a partir das 17h. Será o 14º museu orgânico de uma rede de fomento à tradição e um reconhecimento à figura de Maria de Tiê, liderança comunitária e mestra responsável por manter viva a Dança do Coco e o Maneiro-Pau na Comunidade Quilombola dos Souza, localizada no Sítio Vassourinha, em Porteiras-CE. Os Museus Orgânicos, projeto do Sesc Ceará, em parceria com a Fundação Casa Grande, valoriza o saber popular, transformando a casa dos mestres da cultura em lugar de memória.

“A Mostra proporciona ao público diversas vivências culturais, sendo uma importante incentivadora das nossas mais diversas manifestações populares, que marcam a identidade do povo nordestino e que permanecem vivas, sendo abraçadas pelas novas gerações. Ao mesmo tempo, o evento também celebra o que há de contemporâneo na cultura, por isso, ele está consolidado como um dos maiores projetos de difusão das artes e da cultura brasileira”, comenta o superintendente de Ações Integradas do Sistema Fecomércio e diretor regional do Sesc Ceará, Henrique Javi.

Riqueza patrimonial da flora
 A base da cultura é o patrimônio material e imaterial de seu povo e o Cariri é reconhecido por ser uma vitrine de tradições. Em 2019, o Sesc iniciou a campanha de reconhecimento da Chapada do Araripe como Patrimônio da Humanidade e, até o momento, foram realizados três seminários, que vêm destacando o potencial da Chapada do Araripe como “patrimônio dá humanidade” em seus valores mistos culturais e ambientais.

Nesta Mostra, a riqueza patrimonial da flora da floresta nacional do Araripe será evidenciada. Para isso, foi escolhido como olhar observador para construir a identidade visual do evento o trabalho do fotógrafo e músico cratense Pachelly Jamacarú que, além de uma exposição de artes visuais, fará o show de encerramento da Mostra, no dia 27, a partir das 21h, na praça Siqueira Campos, no Crato.

Senac
A programação do Senac é baseada em quatro segmentos de atuação: Saúde e Bem-Estar, Moda, Gastronomia e Turismo. Na Moda, um dos destaques será a coleção feita em colab entre os alunos do Senac e o grupo Revoada, que trabalha com novos olhares sobre a moda, evidenciando peças feitas com biomateriais.

Também haverá um desfile dedicado aos alunos premiados pelo concurso Jovens Criadores e Rodrigo Tremembé, jovem indígena que também vai apresentar uma coleção. Na Gastronomia, umas das participações será a do chef Rodrigo Oliveira, conhecido nacionalmente, participante do programa de TV Master Chef e dono do restaurante Mocotó, em São Paulo.

No Turismo, haverá lançamento de livros, workshops, além de uma noite de autógrafos com Larissa Almeida, pesquisadora e facilitadora de processos nas áreas de Turismo Criativo, criatividade e inovação social, cofundadora da Recria – Rede Nacional de Experiências e Turismo Criativo.

Outra grande ação será realizada no Sítio Fundão, que disponibilizará ao público trilha, degustação de café, além de palestra e rodas de conversa sobre empreendedorismo. A programação conta ainda com SPA / Centro de Estética e Podologia, com apresentação de instrumentais, equipamentos e tecnologia disponíveis no Senac, além de espaço infantil com brincadeiras culturais.

“O Senac integra a Mostra com uma programação baseada em quatro segmentos, evidenciando a educação e a economia criativa. Juntamente com o Sesc, o evento se torna palco para uma diversidade de linguagens e múltiplas experiências, permitindo vivenciar novas trocas e aprendizados”, ressalta a diretora Regional do Senac Ceará, Débora Sombra.

 Sobre a Mostra
Idealizada pelo Sistema Fecomércio Ceará, através do Sesc, a Mostra Sesc Cariri de Culturas se tornou palco de difusão das mais diversificadas manifestações artísticas e culturais, reconhecida como um dos maiores encontros dessa natureza no País.

A Mostra acontece anualmente no Cariri, transformando a Região em cenário para apresentações de espetáculos de teatro, dança, exposições, shows, cafés literários, rodas de conversas, performances artísticas, mostras de cinema e vídeo, além de ações formativas e seminários. Por meio de sua ampla programação, o evento promove o intercâmbio, a pluralidade e uma valiosa troca artística entre os participantes.

Mostra Sesc Cariri de Culturas

De 24 a 27 de agosto de 2023

Programação completa: https://www.mostrasescdeculturas.com.br/

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado