Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Grupo Pátria vence leilão rodoviário do Paraná

Sessão pública na B3, a Bolsa de Valores de São Paulo, com a presença do ministro dos Transportes, Renan Filho, e o governador Ratinho Jr. (Foto Paulo Pinto/Agência Brasil)

A Infraestrutura Brasil Holding 21, uma subsidiária do Grupo Pátria, na tarde da sexta-feira (25/08), saiu vitoriosa no leilão do sistema rodoviário do Paraná, garantindo a conexão entre o porto de Paranaguá, Curitiba e a Ponte da Amizade, fronteira com o Paraguai.

No ambiente competitivo do leilão, duas grandes empresas apresentaram suas propostas. Enquanto a Consórcio Infraestrutura PR propôs um desconto de 8,30%, a vitoriosa Infraestrutura Brasil Holding 21 foi mais audaciosa, oferecendo um desconto significativo de 18,25% no valor básico do pedágio.

Com as vias anteriormente sem gestão de concessionárias por mais de um ano, o ministro dos Transportes, Renan Filho, dastacou o sucesso do novo modelo de leilão, proporcionando um desconto de mais de 50% na tarifa do pedágio em comparação com valores anteriores.

Publicidade

Os compromissos da empresa vencedora são elevados, com previsão de um investimento de R$ 13,1 bilhões. Deste montante, R$ 7,9 bilhões serão focados em melhorias e expansões rodoviárias, e R$ 5,2 bilhões serão alocados para serviços administrativos e gerais, beneficiando diretamente os caminhoneiros.

Este contrato de concessão, válido por 30 anos, engloba 473 km de rodovias, incluindo a BR-277/373/376/476 e as PR-418/423/427. A ANTT destaca que as melhorias planejadas incluem amplas duplicações, faixas adicionais e marginais, passarelas, paradas de ônibus e muito mais.

Com o sucesso deste leilão, o primeiro sob o governo Lula, o ministro dos Transportes antecipou a previsão de um total de 44 leilões rodoviários até 2026.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado