Mostra Sesc Cariri de Culturas volta a engajar o público pela arte e pela solidariedade

Crédito da foto Ribamar Neto[61]
Foto: Ribamar Neto

Reconhecido como o maior banco de alimentos do País, o Mesa Brasil Sesc novamente fez parte de uma edição da Mostra Sesc Cariri de Culturas, que neste ano envolveu 28 cidades da Região, além de Orós, Icó e Iguatu. O programa, que há mais de duas décadas realiza um trabalho de combate à fome e ao desperdício no Ceará, uniu, mais uma vez, arte, cultura e solidariedade.  

Para ter acesso ao show de abertura do evento com a cantora Baby do Brasil, realizado no Parque de Exposição do Crato, na última quinta-feira, 24, o público pôde adquirir o ingresso mediante a entrega de dois quilos de alimentos não perecíveis. Para as demais apresentações em espaços fechados, que tiveram seu momento nos três dias seguintes (25, 26 e 27 de agosto), as doações foram voluntárias.

Ainda à espera de dados a respeito da arrecadação obtida nesta edição da Mostra, que valoriza uma cultura plural e de tradições sem deixar de voltar o olhar para os territórios culturais cearenses, a diretora de Programação Social do Sesc Ceará, Sabrina Veras, reafirma o entusiasmo contido em cada edição da iniciativa. 

“A Mostra Sesc Cariri de Culturas se torna um palco privilegiado para conscientização e ação, no qual a sensibilização do público e dos artistas às causas sociais pode gerar um impacto significativo, haja vista o tamanho e a abrangência da programação. Sendo assim, da mesma forma que a cada ano a Mostra aumenta seu volume, a expectativa para a arrecadação de alimentos segue o mesmo fluxo. Dessa maneira, esperamos arrecadar cada vez mais alimentos para que as ações do Sesc cheguem a todas as áreas possíveis de atuação, seja na cultura, na nutrição ou na educação”, enfatiza a diretora.

Pensando Verde
Uma iniciativa adicional que envolveu a coleta de mantimentos durante a Mostra Sesc Cariri de Culturas foi o projeto “Pensando Verde”, que neste ano novamente ofereceu a chance para o público trocar mudas de plantas por um quilo de mantimentos e/ou um livro. A atividade ocorreu na Praça Alexandre Arraes e no Parque Sítio Fundão, no Crato, durante três dias de programação. Dentre a variedade de mudas disponibilizadas, puderam ser encontradas plantas de natureza florestal, ornamental, medicinal, alimentícia e frutífera.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado