Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Petrobras transfere polos e firma acordos com China

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, reforça o compromisso da empresa com a Lei das Estatais e esclarece que a proposta de mudança nas regras de indicação da alta cúpula surgiu como demanda do Conselho de Administração.
(Foto: Divulgação)

Nesta segunda-feira (28), a Petrobras anunciou a conclusão da transferência de sua participação nos Polos Golfinho e Camarupim. Localizados na Bacia do Espírito Santo, vão para a BW Energy Maromba do Brasil Ltda (BWE). A operação envolveu o pagamento à vista de US$ 12,2 milhões para a Petrobras, somando-se aos US$ 3 milhões já recebidos na assinatura do contrato. Ademais, a estatal poderá receber até US$ 60 milhões em pagamentos contingentes, dependendo das cotações futuras do petróleo Brent e do desenvolvimento dos ativos.

Com essa transferência, a BWE passa a ser a operadora das concessões marítimas dos Polos Golfinho e Camarupim. A Petrobras destacou que esses campos representam 6,6% de sua produção operada no Espírito Santo e que a transferência não afetará suas demais operações na região, onde mantém atividades em campos importantes, como o Parque das Baleias, e áreas exploratórias.

Além disso, a Petrobras anunciou a assinatura de memorandos de entendimento com o China Development Bank (CDB) e o Bank of China. Esses acordos visam avaliar oportunidades de investimento e cooperação em iniciativas de baixo carbono e finanças verdes, bem como a financiabilidade de sua cadeia de fornecedores. Eles também buscam facilitar as trocas comerciais e financeiras entre a Petrobras e empresas chinesas. Esses MOUs têm um prazo de cinco anos e estão alinhados com os elementos estratégicos do Plano Estratégico 2024-28 da Petrobras.

Publicidade
conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado