Economia brasileira estagnada no 3º trimestre

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A economia brasileira, no terceiro trimestre de 2023, não apresentou crescimento, conforme dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Comparado ao mesmo período de 2022, houve um aumento de 1,8%. No entanto, houve uma retração de 0,6% entre setembro e agosto de 2023.

A coordenadora da pesquisa, Juliana Trece, explicou que a estagnação do PIB no terceiro trimestre reflete a fragilidade do crescimento da economia brasileira. A desaceleração da agropecuária e do setor de serviços foram os principais fatores para a estagnação da economia.

O consumo das famílias, um dos elementos utilizados para calcular o PIB, cresceu 2,5% no terceiro trimestre em comparação com o mesmo período de 2022. Embora positivo, este crescimento é significativamente menor do que em 2022, quando havia um ambiente de recuperação do setor de serviços no pós-pandemia e forte estímulo fiscal.

Apesar do crescimento em ritmo mais lento, o consumo das famílias apresentou variação positiva pela nona vez com o resultado do terceiro trimestre. Isso demonstra a resiliência deste componente, apesar do ambiente de juros elevados e do alto grau de endividamento das famílias.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado