Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Brasil lidera em forças aéreas na América Latina; veja ranking

Brasil lidera as forças aéreas na América Latina; veja ranking
(Foto: Força Aérea Brasileira/Divulgação).

O Global Fire Power, reconhecido por análises das capacidades militares, lançou o mais recente ranking das potências aéreas globais. O estudo realizado com 145 países demonstra a dimensão das forças aéreas ao redor do mundo, com o Brasil emergindo como líder na América Latina, e sendo responsável pela 17ª posição entre as maiores forças aéreas do mundo.

Entre o ranking mundial, Estados Unidos ocupa a liderança com 13.209 aeronaves. Em seguida, encontram-se Rússia, com 4,2 mil, menos da metade do total americano e China, com 3,3 mil aeronaves. Na sequência, Índia e Coreia do Sul, completam o top 5 das maiores potências aéreas. Estes países, juntos, detêm uma considerável parcela do poder aéreo global.

Confira lista das dez maiores potências aéreas:

1º – Estados Unidos da América: 13.209
2º – Rússia: 4.255
3º – China: 3.304
4º – Índia: 2.296
5º – Coreia do Sul: 1.576
6 – Japão: 1.459
7º – Paquistão: 1.434
8º – Egito: 1.080
9º – Turquia: 1.069
10º – França: 972

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Posição do Brasil

De acordo com o levantamento, o Brasil possui a 17ª maior força aérea mundial, com um total de 628 aeronaves. Esta frota inclui 46 caças, 72 aviões de ataque, 111 de transporte, 206 de treinamento, 24 de missão especial, dois aviões-tanque e 195 helicópteros. O país supera países como Alemanha (18º lugar), Israel (19º lugar) e Irã (22º lugar) em termos de quantidade de frota.

Leia mais:

Lista dos países da América Latina:

17º – Brasil: 628
27º – México: 462
29º – Colômbia: 434
36º – Chile: 289
38º – Peru: 258
42º – Venezuela: 242
43º – Argentina: 229
71º – Equador: 110
81º – Cuba: 81
83º – República Dominicana: 69
86º – Bolívia: 63
90º – El Salvador: 49
94º – Honduras: 44
95º – Uruguai: 43
98º – Paraguai: 41
101º – Panamá: 38
105º – Guatemala: 34
122º – Nicarágua: 17

Assim, entre os 50 principais rankings de forças aéreas globais, sete países latino-americanos marcam presença. Seguindo o Brasil, estão o México na 27ª posição com 462 aeronaves, a Colômbia em 29º com 434, o Chile em 36º com 289, o Peru em 38º com 258, a Venezuela em 42º com 242 e a Argentina em 43º lugar com 229 aeronaves, destacando-se como as nações latino-americanas mais bem posicionadas na lista.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado