Pesquisar
Close this search box.

Ultrapar tem lucro de R$1,1 bilhão no 4T23

Ultrapar - Posto Ipiranga
(Imagem: divulgação/Ipiranga)

A Ultrapar (UGPA3) divulgou nesta quarta-feira (28) o relatório financeiro referente ao quarto trimestre de 2023. De acordo com a empresa, houve um lucro líquido de R$ 1,1 bilhão. O montante representa um aumento de 33% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Assim, surpreendeu as expectativas do consenso LSEG, que esperava R$ 615,5 milhões.

O conglomerado, que atua nos setores de energia, mobilidade e infraestrutura logística através da Ultragaz, Ipiranga e Ultracargo, atribui o desempenho ao crescimento do Ebitda recorrente nos principais negócios, como também à redução das despesas financeiras líquidas.

O Ebitda ajustado alcançou R$ 2,3 bilhões no 4T23. Um aumento de 25% em relação ao mesmo período do ano anterior. Portanto, superou as expectativas do LSEG, que estimava um Ebitda de R$ 1,6 bilhão.

Apesar da receita líquida ter diminuído em 7%, ou seja, R$ 33,4 bilhões no quarto trimestre de 2023, devido ao menor faturamento da Ipiranga e Ultragaz, o aumento no faturamento da Ultracargo compensou essa queda.

Os investimentos líquidos da Ultrapar em 2023 totalizaram R$ 1,9 bilhão. Já o resultado financeiro líquido negativo no quarto trimestre foi de R$ 170 milhões, uma redução de 43% em comparação ao mesmo período de 2022.

Em 31 de dezembro de 2023, a dívida líquida da empresa era de R$ 6,121 bilhões. Então, foi uma queda de 8,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. O indicador de alavancagem financeira também apresentou melhora, ficando em 1,1 vez, uma queda de 0,6 ponto percentual em relação a 2022.

Dividendos aprovados

Além dos resultados financeiros, o Conselho de Administração da Ultrapar aprovou a distribuição de dividendos no valor de R$ 439,7 milhões. O valor corresponde a R$ 0,40 por ação ordinária. O pagamento está programado para iniciar em 15 de março de 2024, sem remuneração ou atualização monetária.

Os acionistas que terão direito ao recebimento do dividendo devem se atentar à data base, definida como 7 de março de 2024 no Brasil e 11 de março de 2024 nos Estados Unidos. As ações serão negociadas “ex-dividendos” a partir de 8 de março de 2024, tanto na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) quanto na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado