Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

O dólar acumula valorização de 1,08% no mês

Disputa pela Ptax impulsiona alta do dólar no fim de maio

Dólar
Dólar, a moeda do Estados Unidos da América (Imagem: Valter Campanato/Agência Brasil)

O dólar à vista fechou em alta frente ao real nesta sexta-feira (31), após o feriado de Corpus Christi, em sessão marcada pela formação da Ptax – a taxa que servirá de referência para o mercado – e pela aversão ao risco. A moeda acumulou valorização de 1,08% em maio.

Nesta sexta-feira, a moeda operava em alta de 0,79%, a R$ 5,249 na compra e na venda. Sendo assim, na B3, o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento registrava alta de 0,72%, aos 5.41 pontos por volta das 17h15.

Pela manhã, em uma primeira reação aos dados de inflação dos Estados Unidos, o dólar apresentou queda frente a outras divisas fortes no exterior e perdas em relação ao real. No entanto, as cotações se reaproximaram da estabilidade e passaram a subir devido à disputa para a formação da Ptax de fim de mês.

Publicidade

No front externo, o índice de preços de gastos com consumo (PCE) dos Estados Unidos avançou 0,2% em abril em relação a março, com núcleo em 12 meses de 2,8%. Portanto, o índice cheio ficou em 0,3% na comparação mensal e 2,7% na anual, ambos em linha com as projeções.

O dólar registrou o pior desempenho entre as moedas emergentes nesta sessão. A formação da taxa Ptax e a aversão ao risco fiscal e expectativas inflacionárias contribuíram para o enfraquecimento do real em maio.

O dólar caminha para encerrar o mês de maio cerca de 1% mais forte que o real, em sessão marcada pelo pior desempenho da moeda brasileira na cesta de moedas emergentes. No entanto, a inflação elevada nos Estados Unidos, mesmo com desaceleração frente ao primeiro trimestre, ainda não permite ao Federal Reserve iniciar o ciclo de corte de juros, mantendo o dólar forte.

Cotações do dólar
  • Dólar comercial:
    • Compra: R$ 5,249
    • Venda: R$ 5,249
  • Dólar turismo:
    • Compra: R$ 5,274
    • Venda: R$ 5,454

 

Os negócios pós-feriado foram dominados pela divulgação dos dados de inflação nos Estados Unidos e pela formação da Ptax. Por fim, a moeda continuou a escalada de alta após a definição da taxa do Banco Central, encerrando o mês com uma valorização de 1,08%.

Leia mais:

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado