Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Hackers exige US$ 500 mi da Ticketmaster para não expor dados de clientes

Procon-SP investiga possíveis danos no Brasil

Mark Yovich, presidente da Ticketmaster. (Foto: Divulgação)

A Ticketmaster sofreu um ataque hacker em 20 de maio, e a subsidiária da Live Nation Entertainment confirmou a exposição dos dados de 560 milhões de clientes. Os hackers vazaram informações como nomes, endereços, números de telefone e detalhes parciais de cartões de crédito.

Investigação do Procon-SP

Na última sexta-feira (31), o Procon-SP notificou a Ticketmaster sobre o ataque hacker para saber se cadastros brasileiros foram afetados. O órgão solicitou detalhes sobre a política de tratamento de dados da empresa e sua resposta a incidentes de segurança. A preocupação é identificar se o ataque também impactou usuários no Brasil e como a empresa está lidando com a situação.

Exigência de Resgate

Os hackers, conhecidos como ShinyHunters, afirmaram em um fórum online que os dados roubados incluem informações pessoais dos clientes. O grupo exige um resgate de US$ 500 milhões para não vender essas informações. Segundo a empresa, os criminosos podem ter roubado dados pessoais de clientes de diversos países, incluindo nome, endereço e cartão de crédito.

Publicidade

Leia Também:

Detalhes do Ataque

Em um documento à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), a Live Nation informou que identificou uma atividade não autorizada em um banco de dados na nuvem de terceiros. A empresa está trabalhando com profissionais forenses para entender o incidente e mitigar os riscos. A atividade não autorizada foi detectada em 20 de maio e a investigação está em andamento para determinar a extensão do ataque.

Resposta da Live Nation

A Live Nation declarou que a violação não deve causar impacto material em suas operações comerciais gerais ou em sua condição financeira. A empresa garantiu que está cooperando com as autoridades para proteger seus usuários e minimizar os riscos decorrentes do incidente. Segundo a Live Nation, as medidas tomadas até agora visam garantir a segurança dos dados e a confiança dos clientes na plataforma.

Procon-SP e a LGPD

O Procon-SP pediu informações sobre a captação e armazenamento de dados dos clientes brasileiros pela Ticketmaster. A empresa deve informar quantos cadastros nacionais foram possivelmente atingidos e quais medidas adota para cumprir a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) no Brasil. O órgão de defesa do consumidor paulista também busca entender como a Ticketmaster lida com a segurança dos dados e quais planos de contingência estão em vigor para prevenir futuros incidentes.

Medidas de Segurança Adotadas

A Ticketmaster, após a identificação do ataque, implementou várias medidas de segurança para proteger os dados dos clientes. A empresa afirmou que está revisando suas políticas de segurança e trabalhando com especialistas em cibersegurança para fortalecer suas defesas contra possíveis ataques futuros. A transparência com os clientes e a comunicação sobre os passos tomados são cruciais para restaurar a confiança no serviço.

Impactos do Ataque

O ataque hacker à Ticketmaster destaca a vulnerabilidade das grandes empresas a crimes cibernéticos. A exposição de dados pessoais pode trazer sérios problemas para os usuários afetados, incluindo o risco de fraudes e roubo de identidade. A exigência de um resgate tão alto pelos hackers reflete a gravidade do incidente e a necessidade de medidas rigorosas para proteger informações sensíveis.

O vazamento de dados de 560 milhões de clientes da Ticketmaster é um dos maiores ataques cibernéticos recentes. As investigações continuam, e as autoridades buscam respostas sobre o impacto e a segurança dos dados no Brasil. A exigência do valor elevado de resgate pelos hackers ressalta a seriedade do ataque e a importância da cibersegurança nas operações empresariais.

A Ticketmaster

Parte do conglomerado IAC/InterActiveCorp, a Ticketmaster está sediada em West Hollywood, Califórnia, nos Estados Unidos. Sob a presidência do empresário Mark Yovich (foto), a empresa se especializou no mundo na criação, distribuição e venda de ingressos para uma ampla variedade de eventos, incluindo shows, peças teatrais e eventos esportivos.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado