Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Programa MAIS INOVAÇÃO BRASIL: Investimento de R$ 66 bilhões anunciado

Foto: Fiesp

O cenário de inovação brasileiro se transforma com o lançamento do MAIS INOVAÇÃO BRASIL, uma iniciativa monumental com uma dotação de R$ 66 bilhões para promover a inovação em diversas frentes industriais e tecnológicas no país. Apresentado em um seminário recente na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), o programa conta com o endosso de várias autoridades proeminentes, incluindo o vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, e a ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, dentre outros.

Marcando um marco na trajetória de desenvolvimento do Brasil, o MAIS INOVAÇÃO BRASIL surge como o maior programa de apoio à inovação na história do país. Este empreendimento é fruto de uma colaboração entre Finep e BNDES, sob a coordenação assertiva do Governo Federal.

Atuando como uma extensão inovadora da política industrial brasileira, o programa visa acelerar a inovação, fortalecer as cadeias produtivas e assegurar a autonomia tecnológica do Brasil. Com objetivos ambiciosos, busca promover o desenvolvimento industrial alinhado à sustentabilidade ambiental e ao progresso da sociedade brasileira. A iniciativa está em sintonia com as missões e eixos estruturantes estabelecidos pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial (CNDI).

Publicidade

Para alcançar uma transformação ampla e significativa, o programa se concentra em seis missões cruciais da nova política industrial do Brasil:

  1. Fomento à agroindústria sustentável e segurança alimentar.
  2. Estimulação do complexo econômico e industrial da saúde.
  3. Aprimoramento da infraestrutura, mobilidade e saneamento.
  4. Promoção da transformação digital.
  5. Desenvolvimento da bioeconomia e transição para uma economia de baixo carbono.
  6. Investimento em tecnologias críticas para soberania, defesa e segurança pública.

Geraldo Alckmin destacou que o MAIS INOVAÇÃO BRASIL unirá uma variedade de instrumentos de apoio à inovação no país, incluindo crédito subsidiado, subvenção econômica para empresas, apoio a Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs), fundos de investimentos e participações, além de compras públicas e novos modelos de garantia.

O vice-presidente enfatizou a generosidade e acessibilidade do programa, proclamando: “Não vão faltar recursos para quem quiser inovar!”

Através do projeto, a Finep e o BNDES disponibilizarão uma linha de crédito com juros de apenas 4% ao ano, permitindo até 16 anos para pagamento, com um período de carência de quatro anos e participação integral no financiamento.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado