Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Allianz Parque: BTG adquire dívida de R$ 650 mi do estádio do Palmeiras

Gestora do BTG visa controle do estádio do Palmeiras

Allianz Parque: BTG adquire dívida de R$ 650 mi do estádio do Palmeiras
(Foto: Divulgação/Allianz Parque).

A Enforce, gestora de créditos inadimplentes do grupo BTG, adquiriu a dívida de R$ 650 milhões da construtora WTorre com o Banco do Brasil. Esta dívida está vinculada ao financiamento da construção do Allianz Parque, estádio do Palmeiras.

A intenção do BTG, seria assumir a gestão do estádio. No entanto, a WTorre, atual gestora, resiste à ideia de ceder o controle da arena, apesar de estar em dia com os pagamentos do empréstimo.

Além do débito com o Banco do Brasil, a WTorre enfrenta uma demanda judicial do Palmeiras, que reivindica R$ 160 milhões não repassados pela utilização do estádio em eventos. Recentemente, a construtora retomou os repasses ao clube, após um período de inadimplência que durou nove anos.

Publicidade

 

Pressão financeira

A disputa pela administração do Allianz Parque se acirra com a entrada do BTG no cenário. A WTorre argumenta que, mantendo os pagamentos em dia, possui a viabilidade necessária para continuar na gestão da arena. No entanto, a compra da dívida pelo BTG coloca pressão adicional sobre a construtora para demonstrar a sustentabilidade financeira do negócio.

O BTG conseguiu a preferência sobre outras ofertas para a compra da dívida, e a presidente do Palmeiras, Leila Pereira, foi notificada sobre a transação pelo banco. No entanto, o clube não participa diretamente do processo de negociação em torno do controle do estádio.

Por outro lado, a WTorre sustenta que o valor reivindicado pelo Palmeiras é superior ao devido, levando parte da disputa também para um tribunal arbitral. Nos últimos dois meses, a construtora voltou a efetuar os repasses ao clube, evidenciando um esforço para resolver as pendências financeiras.

Plano de gestão

Ao comprar a dívida, o BTG informou a diretoria do Palmeiras, com quem mantém um bom relacionamento. Além disso, manifestou explicitamente seu plano de assumir a gestão do Allianz Parque. A gestora do BTG e a WTorre avaliam a arena como um empreendimento lucrativo, devido ao seu bom fluxo de caixa e potencial de lucro, o que torna o controle da operação uma meta atraente para ambas as partes.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado