Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Conheça alguns dos novos bilionários brasileiros

Em suma, a fortuna deles foi impulsionada por uma série de IPOs na B3.

Apesar da forte crise econômica e da pandemia de Covid-19, que colocou muitos brasileiros em situação de extrema pobreza nos últimos dois anos, o Brasil também viu, em contrapartida, o aparecimento de novos bilionários. Logo, aqueles que acumulam fortunas exorbitantes ficaram US$ 5 trilhões mais ricos no ano de 2021.

Assim o ranking da Forbes passou a contar com 2.755 bilionários, que somam juntos cerca de US$ 13,1 trilhões em patrimônio. Desde o início de 2020, no entanto, surgiram 493 novos bilionários no mundo. De acordo com uma publicação recente do site Tecno Notícias, atualmente no Brasil, 40 novos bilionários passaram a fazer parte do ranking mundial da revista Forbes.

Em suma, a fortuna deles foi impulsionada por uma série de IPOs na B3. Sendo assim, essa lista da edição da Forbes no Brasil levou em consideração os mesmo critérios que a publicação norte-americana, ou seja, a participação em empresas listadas em bolsas de valores foi principal fonte de informação e pesquisa.

Publicidade

Entre os novos brasileiros do país aparecem na nova lista da Forbes estão Cristina Junqueira e David Vélez, acionistas do Nubank. Ambos viram seus rendimentos crescer com a estreia da fintech na bolsa de valores de Nova Yorke, provocando um crescimento de 15% das ações do banco digital.

A lista também traz os nomes dos sócios André Street e Eduardo Pontes, respectivamente, co- fundador e acionista da empresa StoneCo., voltada para pagamentos online em nuvem.

A Forbes também incluiu na lista o nome do empresário Guilherme Benchimol, fundador e CEO da XP Investimentos, empresa que apesar de estar a 20 anos no mercado, se tornou mais popular agora entre as pessoas de baixa experiência em investimentos.

Outro nome que merece destaque é do Anne Werningha, que tornou- se a bilionária mais jovem do Brasil em 2021, entrando para o ranking com apenas 35 anos. A jovem neta de Geraldo Werninghaus é a maior acionista individual da WEG, empresa fabricante de motores elétricos fundada por seu avô.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado