Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Tecnologia ajuda empresas a recuperarem R$ 200 milhões em tributos pagos indevidamente

(Foto: Lukas/Pexels)

Por meio de processos com inteligência artificial e inteligência humana, em sua consultoria tributária, a ROIT Consulting identificou que as empresas atendidas conseguiram recuperar o montante de R$ 200 milhões em tributos pagos indevidamente aos cofres públicos.

Os tributos mais comuns na otimização da carga tributária foram: Imposto de Renda da pessoa jurídica (IRPJ), Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), Programa Integração Social (PIS) e Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins). Na visão da Caroline de Souza, CEO da empresa especialista na área Tributária, os segmentos do agronegócio, indústria de alimentos e cosméticos, supermercados e empresas de tecnologia, são bem prejudicados por conta da alta carga tributária a que são submetidos, combinado com a complexidade das legislações brasileiras.

Caroline, sobre o processo de recuperação de créditos: “o risco está em não fazer”

Como consequência, as restituições em espécie dos tributos pagos indevidamente tendem a ser muito expressivas e permitem com que as empresas invistam em novas contratações, inovação e compras de novos ativos, por exemplo. O levantamento é referente à recuperação de impostos realizada somente no ano de 2021.

conteúdo patrocinado

“Na verdade, a revisão tributária, e os gastos com pesquisa e desenvolvimento contemplam várias vantagens para os negócios de todos os portes e segmentos. A que mais merece destaque, sem dúvida, é que o processo colabora com a diminuição da carga fiscal, de forma lícita, observando todas as regras do segmento da empresa. Isso quer dizer que o estabelecimento acaba pagando menos impostos, mas em total consonância com as regras legais. Desse modo, sobram mais recursos, os quais podem ser aplicados em investimentos que acabam por favorecer a expansão da companhia no mercado”, comenta Caroline de Souza.

Outro benefício do processo, na visão de Caroline, é que, como é feita uma apuração detalhada de cada tributo, esse mecanismo assessora no reconhecimento de erros ou equívocos de informações no departamento fiscal: “Dessa forma, as chances de autuação da empresa reduzem drasticamente”, garante a CEO da ROIT Consulting.

Diferente do que muitos contribuintes imaginam, contar com um processo de recuperação de créditos tributários não é considerado pelos especialistas como algo ousado. Na verdade, trata-se de algo preciso e fundamental. “Como a revisão é uma atividade minuciosa, realizada com base na legislação vigente, há muita segurança em sua execução. O risco, na verdade, está em não a fazer. Com a carga tributária sempre em constante crescimento, uma empresa pode se tornar economicamente inviável e por muitas vezes  encerrar suas atividades, por contados tributos que acabam por consumir boa parte da margem de lucro dos negócios”, enfatiza a especialista. “Sem a devida correção, o contribuinte sempre pagará mais do que deve, formando uma bola de neve desse ciclo negativo”.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado