Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

ESG é tema de dois eventos no final de setembro

Segundo pesquisa “Women in the boardroom”, realizada pela consultoria organizacional Deloitte, feita em 51 países com a participação de 10.493 empresas, apenas 19,7% dos cargos em conselhos de administração são ocupados por mulheres no mundo. O Brasil está bem atrás. Por aqui, esse índice é de 10,4%.

Apesar disso, grandes empresas estão criando novas regras para que este número cresça. No mês de agosto, a B3 – Bolsa de Valores oficial do brasil – anunciou que a partir de 2023 as companhias de capital aberto tenham inclusão de mulheres e integrantes de grupos como negros, trabalhadores LGBTQIA+ e pessoas com deficiência, em cargos de alta liderança. 

A Nasdaq, segunda maior bolsa dos Estados Unidos, determinou no ano passado que as empresas tenham entre seus diretores, no mínimo, uma mulher e outro representante de um grupo minorizado.

conteúdo patrocinado

As decisões reafirmam uma necessidade em contribuir para uma sociedade mais diversa, mas principalmente, se mostra como uma estratégia de negócios. É o que diz a especialista em ESG e conselheira em mais 5 empresas, Claudia Elisa. “Um bom plano de D&I vai entregar resultados financeiros porque esse é um movimento natural de consumo da sociedade”, explica. Para se ter ideia, anúncios culturalmente relevantes possuem 50% de chances do consumidor comprar da marca pela segunda vez, segundo pesquisa do Think with Google 2019.

A especialista listou dois eventos que abordarão os temas neste mês de setembro são eles:

– 22 set: evento MKBR22 da Anbima e B3 – Palestra: pluralidade nas cadeiras dos conselhos de administração (inscrição gratuita?)

– 27 set: evento ESG para RH da ABRH – Palestra: competências ESG do futuro (inscrição paga)

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado