Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Resistência da oposição adia votação do pacote econômico do governador no Ceará

Foto: Paulo Rocha

A oposição da Assembleia Legislativa do Ceará manifestou resistência à votação em plenário do pacote econômico proposto pelo governador Elmano de Freitas (PT) nesta quarta-feira (15). Os parlamentares pediram mais tempo para apreciar as matérias, que, segundo eles, impactam diretamente no cotidiano dos cearenses.

Os pedidos de suspensão da tramitação foram feitos em dois requerimentos de autoria do deputado Sargento Reginauro (União). O primeiro requerimento (1362) tratava da proposta que prevê um aumento na alíquota do ICMS e pedia que o tema fosse discutido de forma mais profunda antes da votação. O outro requerimento (1292) solicitava que o governador apresentasse um relatório com a estimativa de impacto orçamentário-financeiro da Reforma Administrativa proposta e que a tramitação fosse suspensa até a apresentação do relatório. No entanto, ambos foram rejeitados.

A alíquota do ICMS é um assunto que tem gerado muita discussão entre os parlamentares e a sociedade cearense, já que um aumento pode afetar diretamente o bolso do consumidor. A Reforma Administrativa, por sua vez, é uma medida que pode afetar os servidores públicos estaduais e, por isso, requer uma avaliação cuidadosa.

conteúdo patrocinado

Diante da resistência da oposição, o governo estadual terá que buscar formas de negociar e convencer os parlamentares a votarem a favor do pacote econômico. A discussão sobre o assunto deve continuar nas próximas sessões da Assembleia Legislativa.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado