Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Itaú compra Engie: Banco adquire 12,34% da Maracanã Geração de Energia

(Imagem: Freepik)

Itaú compra Engie em um negócio de R$ 1 bilhão que reforça a presença do Itaú Unibanco (ITUB4) no setor de energia. O banco brasileiro comprou 12,34% da Maracanã Geração de Energia e Participações, uma subsidiária da Engie Brasil Energia (EGIE3). A transação ocorre após o investimento de R$ 4,115 bilhões realizado em dezembro de 2022, o qual levou à aquisição de 27% da Cosan Nove e 10,5% da Raízen pelo Itaú.

A aquisição foi feita através da subsidiária do Itaú, a Participações Complementares, que se prepara para entrar no capital social da Maracanã, onde já foi autorizado pelo CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) a adquirir até 49,99% das ações. A transação garante ao banco uma parcela significativa das ações preferenciais da Maracanã, que tem como um de seus projetos principais a construção do complexo eólico Serra do Assuruá, localizado na Bahia.

A Engie Brasil, por meio de sua subsidiária, Engie Energias Complementares, assinou o acordo com o Itaú Unibanco na última quarta-feira (7). A aquisição estratégica das ações da Maracanã é uma demonstração de confiança no projeto de energia eólica, que promete ser um marco para a energia renovável no país.

Publicidade

Em meio a este cenário, a Eneva anunciou nesta sexta-feira (9) que iniciou o processo de busca de potenciais parceiros estratégicos para sua plataforma de ativos renováveis, engajando um assessor financeiro para liderar o processo. A Engie também revelou em um fato relevante que o estatuto social da Maracanã foi alterado para criar uma nova classe de ações preferenciais, que serão detidas pelo Itaú e oferecerão vantagens e preferências específicas.

O negócio ainda está sujeito a obtenção de aprovações pelos órgãos de governança das partes, terceiros e agências regulatórias, conforme aplicável. Contudo, a entrada do Itaú no capital da Maracanã é um forte indicativo do crescimento do interesse dos bancos no mercado de energia, um setor com vastas oportunidades de investimento e crescimento.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado