Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Sobe para 2 milhões os investidores em criptoativos no brasil, apesar do Bitcoin cair em 2022

Os investidores em criptoativos no Brasil estão em alta. Segundo a Receita Federal, o país agora tem quase 2 milhões de pessoas investindo em moedas digitais como Bitcoin e Tether. Isso é o maior número já registrado.

Ainda assim, nem tudo é sol e arco-íris no mundo das criptomoedas. Em 2022, o Bitcoin, uma das moedas digitais mais famosas, perdeu muito do seu valor. De acordo com Einar Rivero, do TradeMap, o preço do Bitcoin caiu 66,61% em 2022.

Mas a queda do Bitcoin não parece ter assustado os investidores. Em abril, quase 2 milhões de pessoas e mais de 65 mil empresas no Brasil fizeram transações com criptomoedas.

Publicidade

O Bitcoin teve um bom desempenho em abril. O preço subiu para US$ 30 mil, quase o dobro do seu menor valor em 2022. Mas, depois disso, o preço caiu um pouco.

No entanto, o Bitcoin não é a moeda digital favorita no Brasil. A maioria dos investidores prefere o Tether, uma moeda digital que segue o valor do dólar americano. O Tether tem sido a moeda digital mais popular no Brasil desde o ano passado.

A popularidade do Tether está crescendo rapidamente. Em 2019, ele tinha 0% do mercado. Em 2020, tinha 25%. Em 2021, 32%. E em 2022, chegou a 69%. Em abril de 2023, ele chegou a 86,72% do mercado.

Então, apesar de algumas moedas digitais como o Bitcoin estarem tendo um ano difícil, os investidores em criptoativos no Brasil continuam crescendo. E, ao que parece, eles estão se adaptando às mudanças do mercado e escolhendo moedas como o Tether.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado