Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Ações fecham mistas na Europa com investidores avaliando economia global

Impulsionado pelo fechamento negativo das bolsas de Nova York e da Europa na semana passada, os investidores estão preocupados com os dados fracos de atividade econômica tanto nos Estados Unidos quanto na zona do euro, além dos aumentos de juros promovidos por vários bancos centrais, que geraram temores de uma possível recessão.

A S&P Global Ratings revisou sua previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro para 2023, elevando-a de 0,3% para 0,6%. Essa revisão considerou o mercado de trabalho robusto, o impacto das medidas fiscais e as perspectivas das taxas.

Uma pesquisa recente do Instituto Ifo revelou que o sentimento empresarial na Alemanha piorou em junho. O Índice de Clima de Negócios caiu para 88,5 pontos, em comparação com os 91,5 pontos anteriores, indicando expectativas pessimistas e avaliações negativas das empresas sobre suas situações atuais. A leitura ficou abaixo das expectativas dos economistas consultados pela Reuters, que esperavam um índice de 90,7.

Publicidade

Na última quinta-feira (22/06), o Banco da Inglaterra (BoE) surpreendeu ao elevar as taxas de juros em 0,50 ponto percentual (pp), devido aos números de inflação e crescimento dos salários que se mostraram mais altos do que o esperado. Enquanto isso, o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) optou por pausar o aumento das taxas neste mês, embora tenha enfatizado a probabilidade de futuros aumentos.

“As ações caíram na semana passada após um significativo rali nas últimas semanas, quando o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, deixou claro que mais aumentos nas taxas eram necessários para controlar a inflação. Em linha com a reunião do FOMC no início do mês, Powell indicou mais dois aumentos, mas que o Fed continuará dependente de dados”, diz a analista sênior de mercado do City Index, Fiona Cincotta, em entrevista ao Monitor do Mercado.

Confira abaixo a variação e a pontuação dos índices europeus no fechamento:

FTSE-100 (Londres): -0,11%, 7.453,58 pontos
DAX-30 (Frankfurt): -0,13%, 15.809,67 pontos
CAC-40 (Paris): +0,29%, 7.184,35 pontos
FTSE MIB (Milão): +0,12%, 27.242,9 pontos
IBEX-35 (Madri): +0,18%, 9.282,30 pontos
SMI-20 (Zurique): -0,71%, 11.141,90 pontos
PSI-20 (Lisboa): +0,68%, 5.908,51 pontos

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado