Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

E-commerce na China: empresas apostam em descontos para impulsionar vendas

Imagem: Freepik

Diante da incerteza econômica e da busca por preços mais acessíveis, as principais empresas de e-commerce da China, como o Grupo Alibaba e a JD.com, estão adotando estratégias de vendas com descontos. Essa iniciativa visa compensar a possível desaceleração das compras dos consumidores chineses. Mesmo em meio a desafios econômicos, as ações de promoções e preços reduzidos estão impactando positivamente o desempenho das empresas.

A JD.com registrou um crescimento de 7,6% na receita durante o terceiro trimestre deste ano. Enquanto isso, o Alibaba apresentou o seu maior crescimento na receita desde 2021, com um aumento de 14% no trimestre que abrange os meses de abril a junho.

Embora os números atuais sejam positivos, os executivos do Alibaba e da JD.com demonstram cautela em relação às perspectivas de negócios nos próximos trimestres. Isso ocorre porque a economia chinesa apresenta mais sinais de desaceleração e incerteza.

Publicidade

A JD.com, por exemplo, está passando por um processo de reestruturação, conforme indicaram os executivos durante uma reunião de divulgação de resultados. Já no Alibaba, os líderes das diversas equipes de negócios estão adotando uma postura mais conservadora em relação à aprovação de novos investimentos, como revelaram funcionários familiarizados com o assunto.

Nesse cenário desafiador, as estratégias de promoção e preços reduzidos surgem como uma maneira eficiente de estimular o consumo e manter as operações das empresas em um ritmo sólido. A busca por preços acessíveis e ofertas atrativas parece ser uma constante, mesmo em meio à volatilidade econômica.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado