Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Bancos alertam para golpes no ‘0800’ do cartão

Golpes no cartão
(Imagem:Reprodução)

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) emitiu um alerta sobre o aumento da frequência de golpes financeiros envolvendo mensagens SMS e números 0800 falsos. Golpistas têm entrado em contato com consumidores, alegando irregularidades em cartões, contas ou compras falsas e induzindo as vítimas a ligarem para uma suposta central de atendimento, para aplicar um golpe.

Segundo a Febraban, os golpistas informam sobre transações suspeitas de alto valor em compras no varejo e fornecem um número 0800, que aparenta ser de uma central telefônica de um banco ou de uma área de cartões de crédito. No entanto, trata-se de um golpe de engenharia social com o objetivo de obter informações confidenciais, como senhas e números de cartões, e induzir as pessoas a realizar transações financeiras.

As mensagens geralmente alegam que uma compra foi aprovada em um valor específico em uma loja conhecida e instruem o cliente a digitar o número 1 para confirmar a operação. Caso o cliente desconheça a transação, é orientado a ligar para o suposto 0800.

Publicidade

Outro artifício usado pelos golpistas é afirmar que as milhas ou pontos do cartão do cliente estão prestes a vencer, incentivando o contato imediato para evitar a perda desses benefícios.

Ao ligar para o número fornecido, o golpista informa que a transação está em análise e ainda não aparece na fatura do cliente, pedindo que a vítima realize uma transação para regularizar o suposto problema. Também podem solicitar dados pessoais, como número de conta e senha, para “cancelar” a operação.

A Febraban enfatiza que os clientes não devem ligar para os números informados nessas mensagens, mas sim entrar em contato pelos canais oficiais de suas instituições financeiras.

Adriano Volpini, Diretor do Comitê de Prevenção a Fraudes da Febraban, ressaltou: “O cliente nunca deve fazer ligações para números de telefone (0800) recebidos através de SMS ou por outras mensagens. Se tiver alguma dúvida, o cliente deve ligar para os canais oficiais de seu banco ou para seu gerente.”

Além dos números de telefone, muitas mensagens golpistas também enviam links que redirecionam para endereços fraudulentos, induzindo as vítimas a fornecerem dados pessoais. A Febraban alerta para que os consumidores estejam sempre atentos a essas tentativas de fraude.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado