Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Ibovespa acumula queda na semana

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, fechou esta sexta-feira (22) com uma leve queda de 0,12%, atingindo 116.008 pontos. Essa queda fecha uma semana marcada pelas decisões monetárias do Federal Reserve (Fed) e do Banco Central brasileiro. Sendo assim, resulta em uma baixa acumulada de 2,31% no índice ao longo da semana.

Semana de queda

Os movimentos da Bolsa brasileira seguiram de perto as ações dos principais índices do mercado norte-americano. O Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq acumularam perdas de 1,89%, 2,93% e 3,62% na semana, respectivamente. O mercado de ativos de risco foi impactado pelas decisões do Federal Reserve, que foram mais rígidas do que o esperado. Embora o Fed tenha mantido a taxa de juros dentro da faixa de 5,25% a 5,50%, há possibilidade de aumento. Além disso, indicou que não vê uma redução nas taxas de juros dos EUA em 2024.

As opções do mercado para a queda das bolsas

Devido aos títulos do Tesouro dos Estados Unidos oferecerem rendimentos mais altos, houve um fluxo de saída das Bolsas de Valores, especialmente das emergentes, em direção a esses ativos considerados mais seguros. Apesar disso, houve uma ligeira queda nos rendimentos dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos hoje, após os fortes aumentos dos últimos dias. Os rendimentos dos títulos de dois anos caíram 3,8 pontos-base, para 5,11%, e os títulos de dez anos perderam 4,6 pontos, para 4,434%.

Publicidade

No Brasil, a curva de juros também apresentou queda em um movimento de correção. Os contratos de juros DI para 2025 perderam 3,5 pontos, atingindo 10,53%, enquanto os contratos para 2027 caíram 4,5 pontos, chegando a 10,50%. Os contratos DI para 2029 foram para 11,05%, com uma queda de cinco pontos, e os contratos para 2031 caíram para 11,36%, uma redução de quatro pontos.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado