Pesquisar
Close this search box.

TikTok Shop: A disputa pelo e-commerce no sudeste asiático e nos EUA

(Foto: Cottonbro-studio/Pexels)

O TikTok, conhecido por seu sucesso na criação de conteúdo e entretenimento, está dando um grande passo em direção ao comércio eletrônico. Em países como Indonésia, Filipinas, Malásia, Cingapura e Vietnã, a plataforma registrou faturamento com vendas de US$ 4,4 bilhões no ano passado. Esse número representa um crescimento sete vezes maior do que em 2021, quando o serviço foi lançado.

Entrando no e-commerce estadunidense

Atualmente, o TikTok elabora um movimento ainda mais ambicioso: vendas nos Estados Unidos. Ao mesmo tempo que enfrenta desafios por parte das autoridades americanas. O objetivo? Faturar US$ 20 bilhões globalmente com sua expansão no setor de vendas de produtos.

O TikTok Shop chegou aos Estados Unidos oferecendo aos usuários a oportunidade de encontrar e adquirir produtos diretamente de vídeos ao vivo. Esse novo recurso não apenas proporciona aos criadores uma nova fonte de receita, mas também conecta marcas a parcerias de marketing baseadas em comissões.

Além disso, o TikTok oferece o programa “Fulfilled by TikTok” cuidando de toda a logística para os vendedores, desde armazenamento até embalagem e envio.

Revolução nos hábitos de compra

O TikTok está redefinindo a cultura de compras ao criar um espaço onde as pessoas podem descobrir e comprar produtos sem sair do aplicativo. Com tendências impulsionadas pela comunidade, como a hashtag #TikTokMadeMeBuyIt, inspirando as pessoas a compartilhar os produtos que amam, o TikTok Shop promete revolucionar a forma como compramos.

No Sudeste Asiático, o TikTok já é uma plataforma popular, com mais de 325 milhões de visitantes mensais. No entanto, a entrada no mercado de comércio eletrônico da região não foi fácil, uma vez que a concorrência é feroz. Plataformas como a Shopee, Lazada e Tokopedia dominam a paisagem do e-commerce local, com transações que atingiram quase US$ 100 bilhões no ano passado.

Embora o TikTok tenha facilitado US$ 4,4 bilhões em transações na região em 2022, ainda tem muito trabalho a fazer para alcançar líderes de mercado como a Shopee, que registrou US$ 48 bilhões em vendas regionais de mercadorias no mesmo ano.

No entanto, a expansão para os Estados Unidos representa um desafio ainda maior para o TikTok, especialmente em meio a preocupações sobre segurança e privacidade de dados. Apesar disso, a empresa chinesa ByteDance, controladora do TikTok, planeja quadruplicar suas vendas de produtos até o final do ano, alcançando a impressionante marca de US$ 20 bilhões.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado