Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Número de investidores de criptomoedas no Brasil atinge novo recorde

O Brasil nunca teve tantos investidores em criptomoedas como agora. Segundo a Receita Federal, em julho deste ano, 4,1 milhões de pessoas físicas declararam operações com ativos digitais.
Imagem: Pexels

O Brasil nunca teve tantos investidores em criptomoedas como agora. Segundo a Receita Federal, em julho deste ano, 4,1 milhões de pessoas físicas declararam operações com ativos digitais. Esse número é 22 vezes maior do que o registrado em agosto de 2019. Naquele ano, o órgão começou a acompanhar as movimentações com criptomoedas de brasileiros. Atualmente, o resultado é quase o triplo do montante de julho de 2022, que era de 1,5 milhão.

Além disso, 92.105 empresas também relataram movimentações com ativos digitais. Ou seja, um aumento de 39 vezes em relação a meados de 2019 e mais de duas vezes superior ao mesmo período do ano passado. Durante o mês de julho, um total de R$ 18 bilhões em transações com criptomoedas foi informado nas declarações de imposto de renda.

Entre as criptomoedas mais utilizadas no Brasil, a stablecoin Tether (USDT) liderou, com R$ 15,3 bilhões em operações declaradas, seguida pela USD Coin (USDC) com R$ 838 milhões, Bitcoin (BTC) com R$ 737 milhões, Brazilian Digital Token (BRZ) com R$ 641 milhões e Ethereum (ETH) com R$ 150,8 milhões. Esse aumento no uso de criptomoedas também levantou preocupações, pois parte dele está relacionada a movimentações fraudulentas, incluindo o envio não declarado de dólares para o exterior.

Publicidade
conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado