Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Taxa de desemprego é a menor desde 2015. Confira!

Foto: Agência Brasilia

A taxa de desemprego no Brasil registrou uma queda significativa, atingindo 7,8% no trimestre móvel encerrado em agosto, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), divulgada pelo IBGE nesta sexta-feira(29).

Comparado ao trimestre anterior, houve uma redução de 0,5 ponto percentual (8,3%) na taxa de desemprego. Em relação ao mesmo período de 2022, a queda foi ainda mais expressiva, caindo de 8,9% para 7,8%. Essa taxa trimestral é a menor desde fevereiro de 2015, quando atingiu 7,5%.

Os números revelam uma diminuição significativa no número absoluto de desocupados, com uma queda de 5,9% em relação ao trimestre anterior, totalizando 8,4 milhões de pessoas desempregadas. Essa é a menor quantidade de desocupados em números absolutos desde junho de 2015.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Comparado ao mesmo período do ano anterior, houve uma redução de 13,2% no número de desempregados, o que equivale a 1,3 milhão de trabalhadores a menos buscando emprego.

O crescimento na taxa de ocupação foi apontado como o principal fator para a redução do desemprego. No trimestre, a população ocupada cresceu 1,3%, alcançando 99,7 milhões de pessoas. Ao longo do ano, esse aumento foi de 0,6%, com mais 641 mil pessoas ocupadas.

Além disso, o número de empregados com carteira assinada atingiu o patamar mais alto em oito anos, com 37,248 milhões de trabalhadores, um aumento de 1,1% em relação ao trimestre anterior e uma alta de 3,5% na comparação anual.

“Vários grupamentos de atividade econômica demostram crescimento da absorção de trabalhadores. Temos a volta de um comportamento mais característico de mercado de trabalho pré-pandemia,” destaca Adriana Beringuy, coordenadora de Pesquisas por Amostra de Domicílios do IBGE.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado