Pesquisar
Close this search box.

Alerta de aumento: Brasil e Paraguai em conflito por tarifas de energia

Alerta de aumento: Brasil e Paraguai em conflito por tarifas de energia
Imagem da Usina de Itaipu Binacional, com o vertedouro aberto. (Foto: Alexandre Marchetti/Itaipu Binacional)

O Brasil e o Paraguai estão em um impasse sobre a tarifa de serviços relacionada à Usina de Itaipu. Assim, os impactos dessa disputa podem recair sobre os consumidores brasileiros. Existe a possibilidade de um aumento de 1,4% no preço das contas de energia no Brasil, caso o Paraguai obtenha sucesso na demanda.

O Paraguai almeja um aumento na tarifa, passando de US$ 16,71 para US$ 20,75, ou seja, um reajuste de 24%. Entretanto, o Brasil busca uma redução, visando atingir US$ 14,77. A medida poderia resultar em uma diminuição de 0,7% nos custos das contas de energia.

Para o Paraguai, a questão vai além dos aspectos técnicos, envolvendo também considerações políticas. O país busca aumentar a arrecadação com a usina para financiar projetos prometidos durante a campanha presidencial de Santiago Peña.

O Brasil argumenta que é viável reduzir o Custo Unitário dos Serviços de Eletricidade (Cuse), taxa em questão, pois os custos de operação da Itaipu não sofreram alterações e a dívida contraída durante a construção da usina já foi quitada.

Solução X Impasse

Em janeiro, Santiago Peña esteve no Brasil para discutir o assunto, onde o presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou que estão abertos a encontrar uma solução conjunta para as divergências tarifárias. O impasse atingiu um ponto crítico, levando o Paraguai a recusar a assinatura de um documento que propunha a continuidade do funcionamento da usina enquanto os países negociavam uma solução, resultando no bloqueio dos fundos de Itaipu.

Desde 1973, Brasil e Paraguai dividem igualmente a energia produzida por Itaipu. Contudo, o Paraguai utiliza apenas 17%, vendendo o excedente para o Brasil. Com o término do pagamento da dívida de construção em 2023, o Paraguai ganhou espaço para negociar a tarifa de serviços.

Atualmente, Itaipu fornece energia para 88% do Paraguai e 9% do Brasil. O Cuse é pago pelas populações de ambos os países para cobrir despesas de administração, operação e manutenção da usina.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado