Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Ranking aponta aumento de 10,4% nos investimentos em publicidade

Ranking de compras de mídia em 2023. (Foto: Joshua Earle/Unsplash)
Ranking de compras de mídia em 2023. (Foto: Joshua Earle/Unsplash)

O Fórum de Autorregulação do Mercado Publicitário, o Cenp-Meios, revelou que o mercado publicitário brasileiro investiu R$ 23,4 bilhões em mídia e anúncios em 2023, representando um crescimento de 10,4% em relação ao ano anterior. O Fórum ainda revelou um ranking de compras de mídia com 20 empresas do setor.

Análise do investimento em publicidade

O levantamento do Cenp-Meios apontou que as 336 agências analisadas contribuíram para esse crescimento. Este aumento reflete uma recuperação econômica, especialmente marcante no ano em que o mundo declarou o fim da pandemia de Covid-19, permitindo uma retomada da criatividade como um motor de crescimento.

Ranking de compras de mídia: detalhamento dos líderes de mercado

A liderança do ranking foi assumida pela Mediabrands, desbancando a Betc Havas, que ficou em segundo lugar. Artplan, WMcCann e EssenceMediaCom completaram as cinco primeiras posições. A integração das operações de Mediabrands e Mullen Lowe, tratadas como uma única entidade, foi um ponto-chave observado este ano.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Métodos de compilação de dados

Para formular esse ranking, o Cenp analisou dados fornecidos anonimamente pelas agências sobre os espaços de mídia comprados, tanto online quanto offline. Estes dados foram coletados mensalmente e agregados por meio de comunicação, região e estado.

Perspectivas de líderes de agências

Líderes empresariais, como Ariel Bergamo da Mediabrands e Erh Ray da Betc Havas, expressaram satisfação com os resultados, destacando o reconhecimento do poder dos dados e da estratégia de mídia em promover o crescimento dos negócios.

Visões sobre o futuro do mercado publicitário

O presidente do Cenp, Luiz Lara, expressou confiança no desempenho contínuo e robusto do setor publicitário. Ele destacou o crescimento consistente observado em 2023, sublinhando que “a publicidade é fundamental para dinamizar a economia do país”. Lara antecipa que essa tendência positiva deve se manter em 2024, impulsionada por grandes eventos no calendário criativo, como as Olimpíadas de Paris e eleições municipais.

Além disso, Eduardo Simon, presidente da agência Galeria, refletiu sobre a recuperação dos investimentos em publicidade, que ele descreve como “perene” e não apenas pontual em datas comerciais específicas. Simon está otimista quanto à continuidade do crescimento vigoroso do setor: “A economia já mostrou sinais de reação no início do ano, com os anunciantes investindo confiantemente no crescimento”. Ele acredita que esta tendência se repetirá em 2024, devido às projeções positivas para setores-chave da publicidade nacional.

Veja ranking de compras de mídia:

  1. Mediabrands (Reprise Digital + Mullen Lowe)
  2. Betcv Havas
  3. Artplan
  4. Wmccann
  5. EssenceMediaCom (ex- Blinks Essence)
  6. Galeria
  7. Almap BBDO
  8. Africa DDB
  9. Publicis Brasil
  10. VMLY&R
  11. Ogilvy & Mather Brasil
  12. Talent Marcel
  13. Wunderman Thompson
  14. Leo Burnett Tailor Made
  15. DPZ
  16. Suno United Creators
  17. Lew’LaraTBWA
  18. Propeg Comunicação
  19. Agência WE
  20. FBIZ
conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado