Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Bilionário gasta US$ 20 milhões em mansão, mas não pode habitá-la

Luxuosa residência enfrenta incertezas legais por conta de seu dono

Mansão de Vijay. (Imagem: Reprodução/Instagram)
Mansão de Vijay. (Imagem: Reprodução/Instagram)

O magnata indiano Vijay Mallya escolheu um local inesperado para construir sua mansão de quase US$ 20 milhões. Localizada no topo do arranha-céu Kingfisher Towers, em Bangalore, a residência de Mallya é uma réplica de dois andares da Casa Branca. Todavia, a grandiosa construção, com mais de 120 metros de altura, é um monumento ao luxo, mas permanece vazia devido aos problemas legais enfrentados pelo proprietário.

Mansão de Vijay Mallya: estrutura e luxo

A mansão possui todas as comodidades imagináveis. Além disso, entre os luxos estão extensos jardins, uma adega de vinhos, uma piscina infinita e um heliponto particular, garantindo acesso exclusivo à residência. Nesse sentido, a propriedade, com cerca de 3 mil metros quadrados, inclui elevadores privativos que evitam que o proprietário precise dividir o prédio com os demais moradores.

Problemas legais

Entretanto, Vijay Mallya, que se mudou para o Reino Unido em março de 2016 devido a problemas com o governo indiano, nunca pôde morar em sua mansão construída em 2017. Mallya enfrenta acusações de crimes financeiros e dívidas não pagas em seu país de origem. Com isso, ele fugiu para o Reino Unido para evitar a justiça indiana, onde as leis permitem o confisco de ativos relacionados a atividades ilícitas em caso de condenação.

Publicidade

Leia também:

Bad Boys e Bilionários: ascensão e queda de magnatas indianos

Dívidas e acusações

O site Business Insider relata que Mallya acumula uma série de dívidas e enfrenta acusações de fraude e lavagem de dinheiro. Além disso, em 2019, ele foi declarado fugitivo econômico. Apesar de suas promessas públicas de quitar suas dívidas, Mallya continua a adiar um possível julgamento ao permanecer fora do país.

SS Naganand, advogado do consórcio de credores envolvidos, explica que, embora o envolvimento de Mallya em atividades ilegais ainda não tenha sido comprovado, as dívidas pendentes podem levar à venda da propriedade para quitá-las.

História e negócios

Vijay Mallya, herdeiro do United Breweries Group, conquistou fama e fortuna através de seus negócios, incluindo a famosa cerveja Kingfisher e a Kingfisher Airlines. No entanto, sua reputação foi questionada por alegações de empréstimos não pagos e lavagem de dinheiro. Além disso, em 2012, a Kingfisher Airlines encerrou suas operações devido a enormes dívidas, estimadas em cerca de US$ 1 bilhão.

Apesar de sua rápida ascensão, as perdas financeiras com a Kingfisher Airlines resultaram em uma montanha de dívidas. Mallya acumulou dívidas com aproximadamente 20 bancos, enfrentando acusações de fraude e lavagem de dinheiro em seu país de origem. Com isso, no mesmo dia em que os bancos entraram com uma ação judicial contra ele, Mallya fugiu para o Reino Unido.

Extradição e futuro

Em janeiro, o The Times of India informou que uma delegação composta por representantes do Bureau Central de Investigação, da Direção de Execução e da Agência Nacional de Investigação da Índia iria visitar o Reino Unido. O objetivo é acelerar a extradição de alguns dos fugitivos mais procurados da Índia, incluindo Vijay Mallya.

Dessa maneira, a mansão de Mallya, apesar de sua opulência, permanece vazia. As dívidas pendentes e os problemas judiciais impedem o magnata de desfrutar de sua luxuosa residência.

Inspiração para TV

Por fim, a vida extravagante e conturbada de Vijay Mallya inspirou a Netflix a produzir o documentário “Bad Boys e Bilionários” em 2020. Além disso, a produção retrata não apenas sua história, mas também a de outros magnatas indianos envolvidos em escândalos de corrupção e ganância.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado