Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Surpresa negativa: vendas no varejo do Reino Unido caem 2,3% em abril

Varejo britânico registra queda anual de 2,7%

Vendas no Reino Unido. (Foto: Reprodução/Internet)
Vendas no Reino Unido. (Foto: Reprodução/Internet)

As vendas no varejo do Reino Unido caíram 2,3% em abril em comparação a março, conforme dados divulgados nesta sexta-feira (24) pelo Escritório Nacional de Estatísticas (ONS). O resultado ficou abaixo da expectativa dos analistas consultados pela FactSet, que previam uma queda de 0,5% nas vendas.

Comparação anual

Em comparação ao mesmo período do ano anterior, as vendas no varejo britânico registraram uma queda de 2,7% em abril. A FactSet havia projetado um recuo menor, de 0,4%. De tal maneira, essa diminuição nas vendas reflete um cenário econômico desafiador para o varejo no Reino Unido.

Vendas no Reino Unido: desempenho em novembro de 2023

Por outro lado, em novembro de 2023, as vendas no varejo do Reino Unido cresceram 1,3% em relação a outubro, após uma estagnação de 0,0% no mês anterior, segundo dados preliminares divulgados pelo ONS. Esse aumento foi impulsionado principalmente pelas vendas anteriores da Black Friday e por descontos mais amplos oferecidos pelos varejistas.

Publicidade

Os volumes de vendas de lojas não alimentares aumentaram 2,3% em novembro, após um crescimento modesto de 0,2% em outubro. Os varejistas sugeriram que as promoções da Black Friday e os descontos significativos contribuíram para essa alta nas vendas.

Além disso, as vendas em lojas de alimentos subiram 0,8%, comparado a um aumento de 0,1% em outubro do mesmo ano. Esse crescimento indica uma recuperação no setor de alimentos, que se beneficiou de um aumento no consumo doméstico.

Leia também:

Ações governamentais

Nesse contexto, recentemente o primeiro-ministro Rishi Sunak anunciou a realização de eleições gerais no dia 4 de julho, uma medida que pode afetar ainda mais o mercado de varejo no Reino Unido. À medida que a data da eleição se aproxima, as promessas e os planos estabelecidos pelos principais partidos políticos estão sendo examinados, especialmente em relação às suas implicações para os varejistas de rua e para o cenário econômico mais amplo.

Plano de cinco pontos do Partido Trabalhista

Em abril, o Partido Trabalhista divulgou um plano de cinco pontos com o objetivo de revitalizar as ruas comerciais do Reino Unido. O foco, portanto, é a reforma das taxas comerciais e a introdução de leis mais rígidas sobre furtos em lojas.

Os principais elementos do plano incluem:

  1. Combater o comportamento antissocial e o furto em lojas: aumento da presença policial com mais 13.000 policiais para combater crimes, incluindo furtos em lojas.
  2. Implantação de centros bancários: apoio às empresas locais garantindo serviços bancários presenciais em todas as comunidades.
  3. Substituição das taxas comerciais: introdução de um novo sistema de tributação de propriedades comerciais para equilibrar a competição entre lojas físicas e varejistas online.
  4. Eliminar os atrasos nos pagamentos: implementação de leis mais rígidas para garantir pagamentos pontuais a varejistas pequenos e independentes.
  5. Renovação de lojas vazias, pubs e espaços comunitários: direito das comunidades de comprar e reformar propriedades vazias, visando rejuvenescimento das ruas comerciais locais.
conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado