Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Primeira usina de biometano é inaugurada em Minas Gerais

Investimento inicial de R$ 40 milhões em Tupaciguara

Resíduos sólidos serão transformados em energia limpa e renovável.
Resíduos sólidos serão transformados em energia limpa e renovável. (Foto: Aroeira/Divulgação)

A primeira unidade de produção de biometano no setor sucroalcooleiro de Minas Gerais será inaugurada em Tupaciguara, no Triângulo Mineiro, nos próximos dias. A Bioenergia Aroeira investiu R$ 40 milhões na construção da usina, que terá uma capacidade inicial para produzir 16 mil metros cúbicos de biometano por dia a partir da vinhaça, um resíduo orgânico da fabricação de etanol.

Produção Inicial e Planos de Expansão

Inicialmente, a usina usará a produção de biometano para abastecer sua própria frota de veículos a diesel. Entretanto, o projeto prevê ampliar a produção para atender às indústrias da região. O biometano apresenta vantagens como substituto do gás natural, devido às suas propriedades renováveis e menores emissões de carbono.

Contexto e Desafios do Setor

Em abril, o Governo do Espírito Santo anunciou uma parceria com a Marca Ambiental e a Air Liquide. O objetivo é construir a primeira usina de biometano em Cariacica. A usina processará 2.500 metros cúbicos de biogás por hora. Resíduos sólidos serão transformados em energia limpa e renovável. O projeto conta com o apoio das Secretarias de Desenvolvimento (Sedes) e do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama). Também tem suporte do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), da ES Gás e da Agência de Regulação de Serviços Públicos do Espírito Santo (ARSP).

conteúdo patrocinado

Leia Também:

Outras Iniciativas em Minas Gerais

Além da usina de Tupaciguara, Minas Gerais está construindo outras quatro plantas de biometano. Um exemplo é a instalação em Sabará pelo grupo italiano Asja, que investiu R$ 152 milhões na construção de uma usina com capacidade inicial para produzir 80 mil metros cúbicos de metano por dia. No total, considerando a produção de biometano e biogás, o estado possui 341 usinas, gerando 425 milhões de metros cúbicos por ano.

Iniciativa Sustentável no Espírito Santo

Em abril, o Governo do Espírito Santo anunciou uma parceria para construir a primeira usina de biometano em Cariacica, com capacidade de 2.500 metros cúbicos por hora.

A usina transformará resíduos sólidos em energia limpa e renovável, com suporte das Secretarias de Desenvolvimento e Meio Ambiente, Bandes, ES Gás e ARSP.

Benefícios do Biometano

O biometano, derivado do biogás, é um gás natural renovável com diversas aplicações. Indústrias, residências e veículos podem utilizá-lo como combustível. A usina de biometano de Tupaciguara é um passo significativo para a sustentabilidade e diversificação da matriz energética no Brasil, aproveitando resíduos orgânicos e reduzindo emissões.

Perspectivas Futuras

O futuro do biometano no Brasil é promissor, com investimentos contínuos e o desenvolvimento de novas tecnologias para a produção e utilização desse combustível. A inauguração da usina em Minas Gerais e a iniciativa no Espírito Santo são exemplos claros do compromisso com a sustentabilidade e a inovação no setor energético.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado