Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Estreia com corte: Magda Chambriard reduz preço do querosene

Redução de 7,6% já está em vigor desde o último sábado

querosene de aviação
Magda Chambriard, presidente da Petrobras (Foto: Rafael Pereira /Agência Petrobras).

A Petrobras informou que reduziu o preço do Querosene de Aviação (QAV) em 7,6%, medida que começou a valer no último sábado, dia 1º. Este ajuste no preço corresponde a uma redução de R$ 0,31 por litro. Além disso, desde o início do ano, a petroleira já aplicou uma redução acumulada de 8,8% no preço do QAV.

Desde janeiro deste ano, a Petrobras registrou uma redução acumulada de 8,8% no preço do QAV, o que equivale a uma diminuição de R$ 0,36 por litro em relação a dezembro de 2023. Portanto, desde dezembro de 2022, a redução acumulada é de 26,7%, ou seja, R$ 1,35 por litro.

Primeiras decisões sob nova gestão

Este reajuste é o primeiro sob o comando de Magda Chambriard, que assumiu a presidência da Petrobras em maio, após a saída de Jean Paul Prates. Em sua primeira aparição pública como presidente, Chambriard reiterou o compromisso da empresa com a estabilidade dos preços, seguindo as flutuações do mercado internacional. “Nosso objetivo é manter a estabilidade, evitando oscilações diárias que impactem a sociedade”, enfatizou.

Publicidade

 

Além disso, durante a coletiva, a presidente também sublinhou a importância de aderir a uma gestão empresarial sólida para satisfazer os interesses dos acionistas. “Com uma administração que respeita a lógica empresarial, garantimos o lucro e a resposta aos acionistas”, explicou.

Perfil da nova presidente

Magda Chambriard foi oficialmente nomeada pela Petrobras após aprovação do Conselho de Administração em 24 de maio. Formada em engenharia, ela já ocupou o cargo de diretora-geral da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) no governo Dilma Rousseff.

O papel das distribuidoras na cadeia de valor

A Petrobras esclarece que vende o QAV exclusivamente para as distribuidoras, que, por sua vez, são responsáveis pela comercialização subsequente aos consumidores finais nos aeroportos. “As distribuidoras e revendedores são vitais para as operações nos aeroportos, garantindo o abastecimento adequado”, comentou a empresa.

Finalmente, a empresa também destacou a livre concorrência no mercado brasileiro, que permite a outras empresas atuarem como produtoras ou importadoras de QAV sem restrições.

Este ajuste nos preços do Querosene de Aviação reflete a contínua adaptação da Petrobras às condições do mercado global, mantendo a estabilidade de preços necessária para os consumidores e o mercado.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado