Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Descubra a Inteli, faculdade de Administração de sócios do BTG Pactual

Sócios apostam na relação entre Administração e tecnologia

Conheça a Inteli, faculdade de Administração de sócios do BTG. (Foto: Divulgação/Aeroflap)
Conheça a Inteli, faculdade de Administração de sócios do BTG. (Foto: Divulgação/Aeroflap)

A Inteli, uma faculdade fundada por André Esteves e Roberto Sallouti, sócios do BTG, vem tentado transformar o ensino superior com um curso de Administração direcionado para tecnologia. Criada em 2019, a Inteli nasceu da necessidade de formar profissionais com habilidades em negócios e tecnologia, respondendo à demanda crescente do mercado por líderes capacitados para a era digital.

A criação da Inteli

Os banqueiros decidiram fundar a Inteli após ouvir de investidores norte-americanos que o Brasil carecia de engenheiros com conhecimento em tecnologia e potencial de liderança. Esteves, graduado em Ciência da Computação e Matemática pela UFRJ, e Sallouti, formado em Economia pela The Wharton School, entenderam a importância de criar uma instituição que pudesse preencher essa lacuna no mercado brasileiro.

Com um investimento inicial de R$ 200 milhões doado pela família Esteves, a Inteli foi construída do zero. Atualmente, a faculdade conta com 449 alunos, sendo que 55% deles são bolsistas. Os dois primeiros anos do curso são em período integral, e os bolsistas têm direito a mensalidade, moradia, alimentação, transporte, notebook e curso de inglês pagos, totalizando um custo de R$ 460 mil por aluno ao longo dos quatro anos de curso.

Publicidade

Leia também:

Metodologia inovadora da faculdade de Administração

O grande diferencial apontado pela Inteli é a sua metodologia de “Aprendizagem por Projeto”, onde os alunos trabalham em projetos reais desde o primeiro dia de aula. As empresas parceiras apresentam essas demandas, permitindo que os estudantes apliquem conceitos teóricos em problemas reais do mercado. Até o momento, os alunos concluíram 307 projetos para 57 parceiros, incluindo grandes nomes como Rappi, BTG, Gerdau e Yamaha.

Em resposta à necessidade de formar líderes com um conhecimento robusto em tecnologia, a Inteli lançou uma nova graduação. Agora, o curso de Administração conta com dupla titulação em administração e tecnologia. Este curso visa preparar gestores aptos a enfrentar os desafios da era digital, combinando uma base teórica completa com experiência prática significativa.

Futuro e expansão

A meta da faculdade de Administração é alcançar 1.000 alunos até o fim de 2025, atingindo assim o equilíbrio financeiro. A Inteli, sem fins lucrativos, espera seguir o modelo de universidades renomadas. Nelas, ex-alunos retornam como doadores, criando um fundo patrimonial (endowment) para sustentar a faculdade a longo prazo.

A história da administração no Brasil

O curso de Administração de Empresas, historicamente a segunda graduação com maior número de alunos no ensino superior presencial, tem enfrentado uma queda significativa. Em 2020, o curso caiu para a quinta colocação, sendo superado por graduações na área de tecnologia que oferecem melhores oportunidades de emprego. Este declínio reflete a mudança nas demandas do mercado de trabalho, que cada vez mais valoriza habilidades tecnológicas.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado