Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Guia do investidor: os fundos imobiliários mais promissores de julho

Oportunidades e recomendações de Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs)

Fundos imobiliários para julho. (Foto: Divulgação).
Fundos imobiliários para julho. (Foto: Divulgação).

Com a chegada de julho, muitos investidores buscam oportunidades para potencializar seus ganhos no mercado imobiliário. Os Fundos de Investimento Imobiliários (FIIs) continuam sendo uma opção atraente para aqueles que procuram diversificação e renda passiva. A seguir, apresentamos uma análise das principais recomendações de fundos imobiliários para este mês, com base em relatórios de diversas instituições financeiras.

Recentemente, a Empiricus, uma casa de análise do grupo BTG Pactual, divulgou seu ranking dos melhores fundos imobiliários para adquirir em julho. Destacam-se que grandes FIIs, como o Maxi Renda (MXRF11) e o XP Malls (XPML11), não foram incluídos na lista. Embora estes sejam fundos de grande porte e com um elevado número de cotistas, eles não se enquadram nas melhores opções para este mês.

Diversificação e rentabilidade nos fundos imobiliários

A seleção para julho inclui fundos imobiliários de diversos setores e estratégias, visando proporcionar diversificação ao portfólio do investidor. É importante destacar a importância de aproveitar a valorização das cotas dos FIIs, que atualmente estão descontadas em relação ao seu valor patrimonial, além de beneficiar-se dos dividendos elevados, que podem atingir até dois dígitos em 2024. A recomendação da casa apresenta um retorno de até 20%, combinando a valorização das cotas com os dividendos projetados para os próximos 12 meses.

Publicidade

Principais fundos imobiliários recomendados

Para julho, os fundos imobiliários recomendados incluem ainda opções de diferentes segmentos que apresentam preços atrativos, boa liquidez e histórico de gestão eficiente. Entre as principais recomendações estão:

  • RZTR11 (Agro)
  • KISU11 (Fundo de Fundos)
  • XPSF11 (Fundo de Fundos)
  • CVBI11 (Recebíveis)
  • PLCR11 (Recebíveis)
  • RECR11 (Recebíveis)
  • VGIP11 (Recebíveis)
  • XPCI11 (Recebíveis)

Análises de outras instituições

Outras instituições financeiras também divulgaram suas recomendações de FIIs para julho. O BB Investimentos, por exemplo, apresentou duas novas carteiras focadas na geração de renda e na valorização das cotas. A Carteira Renda manteve-se estável, enquanto a Carteira Ganho sofreu algumas alterações significativas.

Leia também:

Carteira de FIIs do BB Investimentos

  • RZTR11 (Agro) – 12,50%
  • KISU11 (Fundo de Fundos) – 12,50%
  • XPSF11 (Fundo de Fundos) – 12,50%
  • CVBI11 (Recebíveis) – 12,50%
  • PLCR11 (Recebíveis) – 12,50%
  • RECR11 (Recebíveis) – 12,50%
  • VGIP11 (Recebíveis) – 12,50%
  • XPCI11 (Recebíveis) – 12,50%

Carteira FII Ganho

  • MFII11 (Desenvolvimento) – 12,50%
  • BPFF11 (Fundo de Fundos) – 12,50%
  • HGFF11 (Fundo de Fundos) – 12,50%
  • GARE11 (Híbrido) – 12,50%
  • BRCO11 (Logístico) – 12,50%
  • RZAT11 (Logístico) – 12,50%
  • VRTA11 (Recebíveis) – 12,50%
  • HGBS11 (Shoppings) – 12,50%
conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado