Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Startups: o que fazer para aumentar as chances de conseguir aporte financeiro

Os sócios Gabriel Lameirinhas e Igor Marinelli criaram um sensor que avisa se uma máquina industrial sofre risco de dar defeito.
Os sócios Gabriel Lameirinhas e Igor Marinelli criaram um sensor que avisa se uma máquina industrial sofre risco de dar defeito.

A gestora de portfólio de startups Carolina Morandin aponta alguns caminhos para aumentar as chances de ser escolhido por investidores profissionais, aceleradores ou fundos de investimento.

“Precisa ter clientes, ser uma solução validada no mercado, de um mercado grande, tem que ter uma tecnologia e um time incrível, porque no fim do dia, a gente investe em pessoas mais do que nas ideias em si”, explica.

Os sócios Gabriel Lameirinhas e Igor Marinelli criaram um sensor que avisa se uma máquina industrial sofre risco de dar defeito. Em 2020 a startup contava com investimento próprio no valor de R$ 40 mil. Mas eles queriam crescer.

conteúdo patrocinado

“Quando a solução começou a ter tração justamente com os profissionais da linha de frente da indústria que estava utilizando, nós entendemos que precisávamos de mais capital pra conseguir acelerar o negócio a nível nacional”, afirma Marinelli.

O primeiro aporte financeiro veio de um fundo americano no valor de R$ 2 milhões, 50 vezes mais do que o investimento inicial deles. Depois, vieram outros investidores e hoje a empresa já conta com 20 milhões de investimento.

Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios
conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado